01/07/2019 às 14h21min - Atualizada em 01/07/2019 às 14h21min

PM troca tiros com bandidos e liberta família de empresário sequestrada em Barra do Garças

Os bandidos colidiram o carro na fuga e um deles foi baleado ao trocar tiros com a PM

Assessoria / 5º CRPMMT
ARAGUAIA NOTÍCIA


A Polícia Militar conseguiu na madrugada de segunda-feira (1/7) libertar a família de um empresário (executivo do Supermercado Nilo) de Barra do Garças após negociação e acompanhamento de viaturas aos criminosos que chegaram a sequestrar a família.

Foram libertados com a ação o empresário, esposa e dois filhos de 2 e 5 anos de idade após os bandidos na fuga baterem carro na rua 31 de Março no bairro Santo Antônio.

 

Os policiais foram acionados por volta de 1 hora da madrugada com a denúncia de que um empresário de uma rede de supermercados e sua família, teriam sidos feitos reféns e sequestrados por dois indivíduos, no bairro Dermat em Barra do Garças, a 509 km de Cuiabá-MT.

Imediatamente, quatro viaturas inclusive da Força Tática se deslocaram até o bairro Dermat, quando foram surpreendidos, por um Corolla branco, saindo em alta velocidade de dentro da residência em fuga. Em acompanhamento, os PMs fizeram o cerco ao veículo, foi quando os suspeitos perderam o controle do carro colidindo em outro veículo, na Rua 31 de março e empreenderam fuga a pé.
 
Conforme o boletim de ocorrências, na fuga, o suspeito K.V.P de 26 anos, teria sacado uma pistola calibre 9 milímetros e atirou contra os policiais que revidaram acertando o acusado que foi encaminhado para hospital e passará por cirurgia nesta segunda-feira.

A informação é que este elemento é do estado do Pará e estava morando em Goiânia quando teve a ideia de fazer esse sequestro com intuito de obter dinheiro em barra do Garças. Já outro envolvido conseguiu foragir, porém a polícia já tem uma ideia de quem se trata.

No veículo estava o empresário de 25 anos, sócio da rede de mercados Nilo, seus filhos de 2 e 5 anos, e sua esposa de 35 anos, todos bastante amedrontados.
 
Segundo o relato do empresário, ao chegar em casa no seu veículo, ele teria sido surpreendido pelos dois suspeitos, que pulando o muro teriam mandado falar baixo, contudo ele teria gritado e pedido para a sua esposa se trancar no quarto com os dois filhos.

Próximo ao veículo, os PMs localizaram outra pistola calibre 380, deixada pelo outro suspeito durante a fuga, checada os militares descobriram que a arma era produto de furto em Brasília.
 
A equipe de resgate foi acionada e prestou os primeiros socorros ao suspeito baleado, que foi conduzido para a unidade de pronto atendimento.
Notícias Relacionadas »
Comentários »