19/05/2019 às 08h24min - Atualizada em 19/05/2019 às 08h24min

Morre aos 108 anos a mulher mais velha do Araguaia

Quando tinha 104 anos ela foi entrevistada e dizia que se lembrava pouca coisa do passado; mas que queria viver uns 200 anos

Rafael Govari, Jornal o Pioneiro
ARAGUAIA NOTÍCIA / AGUA BOA NEWS


Morreu no início de maio, a pessoa mais velha de Canarana. Dona Jovina Nogueira da Silva faleceu no dia 03 aos 108 anos de idade. Ela foi sepultada no dia seguinte na localidade da Matinha, interior do município.

Em 2014, quando tinha 104 anos, foi entrevistada por Domingos Finato, em sua residência, na rua Sarandi, 205, bairro União. Na época disse que sentia dores em uma das pernas e tinha dificuldades para enxergar.

Dona Jovina nasceu no dia 10 de janeiro de 1911 na cidade de Jaguaribe no Ceará. Teve 11 filhos, mas a maioria, disse ela, já tinha morrido. Não se lembrava de quantos netos, bisnetos e tataranetos tinha.

“Nas minhas contas tenho 104 anos de idade. Queria viver mais uns 200 anos”, disse ela na oportunidade.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%