05/05/2019 às 15h41min - Atualizada em 05/05/2019 às 15h41min

Polícia apura se avião que caiu na região do Araguaia tinha sido roubado antes por funcionários em fazenda

ARAGUAIA NOTÍCIA
G1 MT


O avião que caiu após uma pane no município de Vila Rica, a 1.276 km de Cuiabá, na sexta-feira (3/5), havia sido roubado por funcionários de uma fazenda antes de acontecer o acidente. Dois funcionários foram detidos pelo roubo e por porte ilegal de arma.

A aeronave, prefixo PT-RZN, partiu ao meio após tentar arremeter, atravessar a BR-158 e cair do outro lado da rodovia. O piloto e os ocupantes foram ameaçados pelos funcionários da fazenda, no entanto, a polícia não informou o motivo do desentendimento.

De acordo com a Polícia Militar, os policiais foram chamados por J.B.C., de 43 anos, dono da aeronave.

Ele disse que precisou realizar um pouso de emergência durante a madrugada na fazenda de propriedade particular, devido uma tempestade.

O G1 ligou para o advogado, mas o celular dele estava fora de área. Foram detidos E.T.M., de 40 anos, e J.F..B, de 53 anos, que são funcionários da fazenda.

Com eles, a polícia encontrou uma espingarda calibre 38, um revólver calibre 22, além de oito munições. A polícia não informou se eles confessaram ou negaram as ameaças e o roubo. O gerente da propriedade teria dito ao dono do avião que recebeu ordens do proprietário da fazenda para que, assim que o dia clareasse, queimasse o avião.

Os outros funcionários colocaram um caminhão e um trator entre a aeronave para que o piloto não conseguisse sair do local com o avião. A Polícia Civil informou que os funcionários foram ouvidos e liberados. Tanto o acidente quanto o suposto roubo da aeronave são investigados pela polícia.

Os dois passageiros tiveram ferimentos, foram atendidos numa unidade de saúde do município e liberados, em seguida. O piloto saiu ileso. O destino do avião, que pertence a um fazendeiro, era Vila Rica. A polícia informou que as vítimas ainda estão sendo ouvidas.

Policiais tiraram foto da aeronave retida por funcionários na fazenda em Vila Rica — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Policiais tiraram foto da aeronave retida por funcionários na fazenda em Vila Rica — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria



Armas apreendidas com os funcionários da fazenda em Vila Rica — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Armas apreendidas com os funcionários da fazenda em Vila Rica — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%