30/04/2019 às 16h20min - Atualizada em 30/04/2019 às 16h20min

Após vencer câncer e depressão, psicóloga perde 35 kg e vira Musa Fitness

Letícia Pereira Amaral conseguiu emagrecer 35 kg com atividade física e reeducação alimentar. Ela foi eleita Musa Fitness em Rondonópolis e vai participar do concurso Musa Fitness Mato Grosso 2019, em maio

ARAGUAIA NOTÍCIA
G1 MT
A psicóloga Letícia Pereira Amaral, 29 anos, enfrentou um câncer, teve depressão e conseguiu emagrecer 35 kg, com atividade física e reeducação alimentar. Depois de perder peso, ela foi submetida a uma cirurgia plástica no abdômen, teve complicações graves e descobriu que estava grávida.
 
Ela conseguiu ter o bebê, superou todos os problemas e agora se prepara para o concurso Musa Fitness Mato Grosso 2019, que acontece no dia 18 de maio, em Barra do Bugres, a 165 km de Cuiabá.
 
Letícia decidiu seguir uma vida fitness há um ano e meio depois de superar o câncer de mama, a depressão e complicações graves da cirurgia.
 
Ela sempre teve uma rotina movimentada. Era magra e pesava cerca de 40 kg e depois que teve o câncer e a depressão chegou a pesar 95 kg. Ela tem três filhos, mas nesta época tinha apenas dois, e um deles é portador de necessidades especiais.
 
Mas depois que teve todos esses problemas e o ganho de peso começou a perceber que estava limitada para fazer algumas ações do dia a dia. Se cansava muito fácil. Tinha dificuldades para respirar, entre outras limitações que o excesso de peso e a gordura corporal causavam.
 
Letícia chegou aos 95 kg — Foto: Arquivo pessoal

Letícia chegou aos 95 kg — Foto: Arquivo pessoal

Letícia chegou aos 95 kg — Foto: Arquivo pessoal
 
Decisão
Certa vez, durante um passeio em uma cachoeira, Letícia não conseguiu subir um caminho inclinado, tropeçou e caiu. As pessoas debocharam dela e lançaram apelidos ofensivos. ‘’Foi o limite. Olhei no espelho e, assim como venci um câncer, decidi vencer a obesidade’’, comentou.
 
A psicóloga disse que a forma que as pessoas se referiam a ela a incomodava também e, então, ela decidiu mudar os hábitos. Começou a fazer caminhada e a moderar na alimentação. Fez por conta própria no início, pois não tinha condições financeiras. Depois, conseguiu acompanhamento médico pelo SUS e conseguiu emagrecer 35 kg.
 
‘’Não é fácil quando se é mãe, tem casa, três crianças, marido, tem tudo para cuidar, mas mesmo assim eu consegui’’, se orgulha.
 
Ela não gostava de tirar fotos antes da perda de peso — Foto: Arquivo pessoal

Ela não gostava de tirar fotos antes da perda de peso — Foto: Arquivo pessoal

Ela não gostava de tirar fotos antes da perda de peso — Foto: Arquivo pessoal

Após a perda de peso, ela fez duas cirurgias. Uma para a retirada de nódulos no seio, pois já tinha histórico de câncer e a abdominoplastia para a retirada do excesso de pele, depois do emagrecimento. A cirurgia no abdômen gerou complicações sérias.
 
‘’Estava toda feliz, pois já tinha perdido peso e estava pronta para as cirurgias, a de retirada dos nódulos do peito e a abdominoplastia e realizei, mas veio outra batalha’’, relatou.
 
Drama
Dois meses após fazer a abdominoplastia, apareceram feridas no abdômen que necrosaram e começaram a abrir o local da cirurgia. Exames constataram uma infecção e, nesse período, descobriu que estava grávida de quatro meses do terceiro filho.
 
Os médicos ficaram surpresos e a questionavam porque tinha feito uma cirurgia plástica no abdômen recentemente.
 
A situação era gravíssima, estava com infecção no abdômen e grávida. O tratamento médico colocaria em risco a vida do bebê e ela não estava conseguindo a cura por causa da gravidez. Os medicamentos não faziam efeito devido às mudanças hormonais por conta da gestação. Letícia ficou internada para tratamento médico.
 
Letícia disse que estava 'desenganada' pelos médicos, mas esperançosa pela fé. Ela contou que um dia a bolsa se rompeu por dentro e foi submetida a uma cesárea de urgência. O bebê nasceu prematuro e com alguns problemas de saúde, mas tudo correu bem.
 
Bebê nasceu prematuro depois que mãe teve infecção pós cirurgia plástica na barriga — Foto: Arquivo pessoal

Bebê nasceu prematuro depois que mãe teve infecção pós cirurgia plástica na barriga — Foto: Arquivo pessoal

Bebê nasceu prematuro depois que mãe teve infecção pós cirurgia plástica na barriga — Foto: Arquivo pessoal
 
Volta por cima
Segundo ela, o bebê se recuperou e a infecção foi tratada. Devido à infecção e a gestação de risco ela ganhou peso novamente e decidiu começar pela segunda vez o processo de emagrecimento.
 
Conseguiu emagrecer novamente e foi convidada a participar de um concurso fitness. Foi eleita Musa Fitness Rondonópolis e neste ano vai participar do concurso estadual.
 
“Passei por tudo isso e estou conseguindo realizar meus sonhos. Quando era criança, via os concursos e queria participar. Vejo que tudo é possível e que devemos nos cuidar e não desistir, podemos superar qualquer coisa, basta ter fé’’, exclamou.
 
O terceiro filho dela está com dois anos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%