30/04/2019 às 06h21min - Atualizada em 30/04/2019 às 06h21min

PM prende motociclistas alcoolizados realizando direção perigosa que vão pagar multas de 2.934,70

ARAGUAIA NOTÍCIA
PM-MT
PM-MT
Na madrugada de segunda-feira (29/04), policiais militares realizaram a apreensão de um adolescente de 17 anos e a prisão de W.B.B. de 18 anos, ambos realizavam manobras perigosas cada um em uma motocicleta no centro da cidade de Novo São Joaquim (480 km de Cuiabá). 

Os policiais foram informados que os dois infratores realizavam direção perigosa em motocicletas próximo a um posto de gasolina, quando deslocaram ao local os infratores empreenderam fuga e logo foram interceptados e abordados.

Durante teste de etilômetro foi constatado que W.B.B. tinha 0.64mg/l de álcool por litro de ar e o adolescente 0,15 mg/l. Foram tomadas as providências administrativas de trânsito, conforme Código de Trânsito Brasileiro, lei Nº 9.503/97, qualquer resultado acima de zero, gera a infração de trânsito que tem como penalidade multa e suspensão do direito de dirigir.

Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, onde responderão por direção perigosa de veículo, desobediência e conduzir veículo sob influência de álcool.

Dirigir sob a influência de álcool:

Após passar por várias atualizações desde 1997, a Lei Seca em 2019 prevê as seguintes penalidades aos motoristas que misturam álcool e direção:

- Art. 165.  Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência:

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa (dez vezes) e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses.

Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo.

Parágrafo único. Aplica-se em dobro a multa prevista no caput em caso de reincidência no período de até 12 (doze) meses.

A multa prevista é o valor de R$ 293,47 (referente à infração gravíssima) multiplicado por dez, ou seja, ela fica no valor de R$ 2.934,70.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%