29/04/2019 às 07h41min - Atualizada em 29/04/2019 às 07h41min

Ex-vereador é preso sete anos depois de estuprar menina de 11 anos

O ex-parlamentar foi condenado a mais de nove anos de prisão, mas o mandado de prisão só foi expedido em janeiro deste ano e cumprido sexta-feira (26)

ARAGUAIA NOTÍCIA
O LIVRE / Assessoria / Água Boa News
O ex-vereador do município de Sorriso, Paulo de Melo Romeiro, 39 anos, conhecido como Paulo da Farmácia, foi preso na tarde dessa sexta-feira (26), para cumprir os nove anos de prisão a que foi condenado por ter estuprado uma criança de 11 anos dentro de sua farmácia.

Segundo a Polícia Judiciária Civil, o crime ocorreu em março de 2012. No dia do abuso, a menina foi à farmácia do ex-parlamentar para pagar uma conta. Porém, como ela estava tossindo, ele a convidou a entrar em uma sala, com a justificativa de que iria passar um medicamento, mas acabou abusando sexualmente da criança.

À época, o então vereador foi denunciado pela mãe da menina por estupro de vulnerável e, ainda em 2012, teve o mandato cassado. Mas, apesar da acusação e de não ser mais vereador, respondia pelo crime em liberdade.

Ao fim do julgamento, Paulo acabou condenado a mais de nove anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. Porém, conforme informações da Polícia Civil, o mandado de prisão por condenação só foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Sorriso no dia 31 de janeiro deste ano.

Nessa sexta-feira (26), uma equipe da Polícia Civil, coordenada pelo delegado André Eduardo Ribeiro, fez campana em frente à casa do ex-vereador, no Bairro Rota do Sol, em Sorriso, e conseguiu cumprir o mandado de prisão decretado pela Justiça, sete anos após o estupro da criança.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.8%
75.1%