23/04/2019 às 17h39min - Atualizada em 23/04/2019 às 17h39min

GGIM anuncia ao prefeito Roberto Farias a volta do videomonitoramento em Barra do Garças

PRF anunciou R$ 300 mil de prestações pecunárias obtidos MPF para instalação do sistema. O videomonitoramento ficará a cargo da PM, PJC, PF e PRF

ARAGUAIA NOTÍCIA
Secom-BG
Beto Farias elogiou GGIM conduzido pelo vice-prefeito Welinton Marcos


O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) anunciou na terça-feira (23/4), ao prefeito Roberto Farias, ao vice-prefeito Weliton Marcos, as forças de Segurança Pública, Ministério Público Estadual (MPE) e membros, a elaboração do projeto para a implantação do sistema de vídeomonitoramento em Barra do Garças. Cerca de R$ 300 mil reais viabilizados por meio de prestações pecuniárias executadas pelo Ministério Público Federal (MPF).

Durante a sua reunião ordinária realizada na Prefeitura, o GGIM discutiu várias questões relevantes em Barra do Garças, contudo, coube ao chefe da 8ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Inspetor Cristiano Silva, anunciar os esforços da Superintendência do órgão em Cuiabá, para a implantação de câmeras em pontos estratégicos da cidade. O projeto-chave será entregue na Capital na primeira quinzena de maio.

O prefeito Roberto Farias participou da reunião e na oportunidade destacou a iniciativa, colocando o município como parceiro na implantação do vídeomonitoramento que, segundo ele, tornará Barra do Garças uma cidade mais segura para se viver. “A Prefeitura e a Câmara serão parceiras neste projeto por entender que é de extrema importância para a sociedade”, disse, se referindo a liberação de recursos que precisam ser aprovados pelos vereadores.

Para o vice-prefeito e secretário-geral do GGIM, Weliton Marcos, o vídeomonitoramento deixa de ser um sonho e passa a realidade. “Desde o início da atual administração o prefeito Roberto Farias vem trabalhando para implementar esse projeto e graças ao empenho da PRF, das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, MPE, CDL e do procurador da República em Barra do Garças, Guilherme Fernandes Tavares, a cidade será beneficiada. Isso representa 70% na redução dos crimes praticados”, destaca.

Segundo o Inspetor Cristiano Silva, o GGIM terá até o dia 20 de maio para encaminhar o projeto à Superintendência da PRF em Cuiabá para agilizar a aprovação e liberação dos recursos, porém, o prazo será reduzido diante da agilidade que a peça está sendo trabalhada pelas forças de Segurança. Ele informou que, inicialmente, todos os pontos estratégicos serão monitoramentos com um sistema de alta resolução, capaz de identificar, inclusive, a origem de veículos pela numeração das placas.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%