12/04/2019 às 14h19min - Atualizada em 12/04/2019 às 14h19min

Vereador Jaime recorre a Mauro Mendes para garantir avenida Beira Rio de Barra do Garças

O projeto foi idealizado por Roberto Farias e parou por questões ambientais. Trata-se de uma gigantesca que dará um novo cartão postal para Barra do Garças

Kayk Alves / SEMANA 7
Araguaia Notícia
Jaime esteve juntamente com Benier no governador Mauro Mendes nesta semana


O vereador de Barra do Garças Jaime Rodrigues (MDB) esteve em Cuiabá, nesta semana, cobrando agilidade na liberação de licenças para a obra da avenida Beira Rio. Ele e o presidente do MDB, Benier Marcos, foram recebidos pelo governador Mauro Mendes (DEM), que firmou compromisso para liberação da obra já nos próximos dias.

O projeto consiste em conectar o Porto do Baé até a praia da Rapadura, no bairro São Benedito, no que se chamará avenida Beira Rio. Serão 1,3 mil metros de extensão, anexando pista de caminhada, ciclovia, pontos de contemplação e lazer e paisagismo. Segundo a prefeitura, a obra vai manter toda a vegetação natural às margens do rio.

Por se tratar de uma obra com efeitos ambientais, para que ela comece é preciso que ocorra liberações de licenças pelo órgão competente. Na semana passada, o prefeito Roberto Farias (MDB) se encontrou com a secretária Adjunto de Licenciamento e Recursos Hídricos da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), Lilian Ferreira dos Santos, para destravar a obra. O gestor pediu que fosse renovada a licença de revitalização do Porto do Baé, para que ocorra o início imediato da construção da avenida.

Em vídeo ao lado de Jaime e do presidente Benier, o governador garantiu as liberações necessárias para breve. “Nós fizemos o compromisso que nos próximos dias, dando seguimento nas tratativas técnicas da secretaria, nós estaremos liberando essa licença para que essa importante obra possa andar.”
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%