30/03/2019 às 23h37min - Atualizada em 30/03/2019 às 23h37min

Barra do Garças escolhe delegados após conferência de saúde

O prefeito Roberto Farias foi representado na conferência pelo vice-prefeito Welinton Marcos; o evento foi aberto pela secretária Clenia Monteiro e contou com a preença do deputado Max Russi

SECOM - BG
ARAGUAIA NOTÍCIA
SECOM-BG


A saúde pública é o centro das discussões da 7ª Conferência Municipal de Saúde, que está acontecendo no auditório do Centro Universitário do Vale do Araguaia (Univar). O evento foi aberto na noite dessa quinta-feira (28) e prossegue nesta sexta (29), com a realização de palestras e debates.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Neto, o objetivo da Conferência é discutir e reunir sugestões da sociedade para a construção de 12 propostas que serão apresentadas na Conferência Estadual de Saúde, que acontece no dia 9 de abril, em Cuiabá. Neste ano, o tema é “Democracia e Saúde”. 

“Durante o evento estaremos discutindo e ouvindo a população, e colhendo subsídios que possam colaborar para a melhoria do Sistema Único de Saúde, o SUS. Essas propostas são discutidas nos municípios, avaliadas na Conferência Estadual e levadas a Conferência Nacional para serem transformadas em lei pela Câmara dos Deputados e pelo Senado”, informou.

Nesta sexta-feira, o evento será reaberto às 13 horas, no auditório do Univar, e se estende até às 17. Uma pequena pausa e retorna às 19, prosseguindo até às 22h30. Uma série de palestras será realizada neste período para discutir as linhas gerais para a elaboração final das propostas que serão apresentadas em Cuiabá.

A solenidade de abertura contou com a presença do vice-prefeito Weliton Marcos, representando o prefeito Roberto Farias, o deputado estadual Max Russi, a secretária Municipal de Saúde, Clênia Monteiro, o presidente da Câmara Municipal, vereador João Rodrigues de Souza (Dr. Joãozinho), a diretora do Escritório Regional de Saúde, Mirian Lacerda e representantes do Conselho Municipal de Saúde.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%