20/03/2019 às 17h32min - Atualizada em 20/03/2019 às 17h32min

Criança de Aragarças está em UTI de Santa Helena mas precisa de cirurgia e remoção urgente para Goiânia

Família pede apoio do governador Ronaldo Caiado e políticos de Goiás para salvar a vida de Kawan de 3 anos de idade

Ronaldo Couto
ARAGUAIA NOTÍCIA


Continua delicado o quadro de saúde de Kawan Hentony Pires Silva, 3 anos. O menino de Aragarças que está com pneumonia e foi removido para uma UTI neonatal em Santa Helena-GO necessita com urgência de cirurgia que só pode ser feita em Goiânia.

A família que mora no bairro Nova Esperança em Aragarças-GO está desesperada e pedindo apoio de lideranças políticas que possam solicitar essa vaga junto ao hospital materno infantil em Goiânia.

“As médicas que o receberam aqui em Santa Helena disseram que ele está vivo por um milagre mas que precisa operar logo. Nós precisamos de ajuda para conseguir uma vaga em Goiânia. Pedimos às pessoas que conheçam o governador Ronaldo Caiado, os deputados e senadores de Goiás que nos ajudem e não deixem o meu sobrinho morrer”, destacou Milena, que é tia e está acompanhando a mãe de Kawan, Patrícia Kemilly Pires Soares.

A família explica que Kawan começou a passar mal uma semana atrás com quadro febril e dores de ouvido constantemente e os médicos disseram que seriam gases. Porém o quadro dele piorou consideravelmente no sábado (16/3) e foi necessário interna-lo na UTI de Barra do Garças cujo leito é adulto mas foi improvisado para estabilizar o garoto num apoio emergencial. Um dos pulmões de Kawan chegou a paralisar.

E com muita luta no início da semana saiu uma vaga de UTI neonatal em Santa Helena, mas agora Kawan precisa de cirurgia portanto de atendimento em Goiânia. Quem tiver condições de ajudar essa família junto a REGULAÇÃO DE SAÚDE DE GOIÁS ou COM O GOVERNAOR RONALDO CAIADO por gentileza entre em contato com eles.

Anote os telefones da família: Patrícia (mãe) 66 9 9208 1577 e Milena (64) 9 9278 4513
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%