18/03/2019 às 07h25min - Atualizada em 18/03/2019 às 07h25min

Criminosos tentam aplicar golpe do ‘carro quebrado’ em jornalista do Vale do Araguaia

O REPÓRTER DO ARAGUAIA
ARAGUAIA NOTÍCIA


O fato ocorreu na manhã de sábado (16/3), quando a jornalista Vanessa Lima do site e jornal O REPÓRTER DO ARAGUAIA, recebeu uma ligação do numero 62 98425-5918 onde uma pessoa se passava por seu primo tratando-se de um estelionato tentando lhe convencer a cair no golpe, em São Félix do Araguaia. 

O Repórter do Araguaia sem diversas oportunidades infelizmente realiza a divulgação de golpes praticados contra pessoas de São Félix do Araguaia e da região sendo que em sua grande maioria a técnica utilizada pelos golpistas é as ligações no telefone celular da vítima no sentido de dela Tirar dinheiro seja por meio de falso seqüestro de parente ou carro quebrado na rodovia entre outros.

Ao atender a ligação ouvi do outro lado da linha um homem apavorado se passava por meu primo residente fora do Estado de Mato Grosso e que estaria com seu veículo estragado em um acostamento da fazenda Santa Bárbara, entre Pontes de Lacerda e Comodoro, onde segundo o golpista estaria vindo me visitar. Percebendo que se tratava de um golpe o deixei acreditar que iria fazer o depósito, enquanto gravava toda a conversa do golpista.

Durante o contato suposto aparente pediu que eu entrasse em contato com o Francisco com o número de uma suposta empresa de manutenção de veículo que presta serviço para seguradora do veículo do mesmo para verificar situação do Socorro que havia sido acionado há mais de 3 horas feito contato com a empresa o golpista informou que o socorro mecânico para o meu primo estava a caminho com tudo o pagamento do serviço deveria ser feito à vista ou por meio de transferência bancária.

Em seguida o golpista disse que só estava com cheque e que precisava de dinheiro para pagar o mecânico, porque ele não aceitava cheque de outra praça, e tinha que consertar o carro no valor de R$ 700,00 Além disso, afirmou que estava ficando sem crédito e pediu eu emprestasse para ele, até chegar à cidade, eu comecei a enrolar o otário.

Pedindo que o golpista me ligasse mais tarde, procurei a Delegacia da Policia Militar, onde o Soldado PM Dhângello, ouviu a ligação e conversou com o mesmo que ao identificar para o bandido que ele estaria falando com a policia, descaradamente disse: “Manda mais B.O que nós gostamos é disso”.

De acordo com o PM Dhângello, golpes desse tipo estão sendo freqüentes em Mato Grosso é importante que a vítima faça o registro de boletim de ocorrência dos casos mesmo que seja apenas de tentativa como no caso acima todas essas ocorrências, a policia encaminham para cidade de origem do golpe, para que encontre os possíveis suspeito do crime, onde dificilmente descobrirá, e mais um golpe que ficará impune já que os golpistas usam documentos e endereços falsos para abrirem essas contas, daí a dificuldade de se chegar aos autores.

Os dados repassados pelo criminoso são de duas contas do Banco do Brasil e Bradesco.

ALERTA GERAL!

Quando alguém ligar contando essas lorotas ou mesmo dizendo ser um parente com o carro quebrado ou que está seqüestrado, desligue o telefone e ligue novamente para a pessoa e confirme. A maioria dessas ligações são golpes e todo mundo deve ficar atento.

Portanto, se o "primo", o "filho", o "tio", a "tia", a "mãe" ou o "pai" ligar, atenda sempre desconfiando de tudo. Qualquer dúvida, antes de qualquer ação, desligue o telefone e ligue novamente para a pessoa confirmando se de fato aquela pessoa ligou e precisa mesmo de favor.

Agindo assim dificilmente algum "primo" por aí vai tomar o seu dinheirinho suado. PENSE NISSO!

 

Em São Félix do Araguaia os registros de ocorrência podem ser feito no 2ª Companhia da  Polícia Militar ou na Delegacia de Polícia Civil.

Leia mais: https://www.jreporterdoaraguaia.com/products/a18-03-2019-criminosos-tenta-aplicar-golpe-do-carro-quebrado-em-jornalista-que-desconfia-grava-a-acao-e-procura-a-policia-em-sao-felix-do-araguaia/
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%