02/03/2019 às 08h35min - Atualizada em 02/03/2019 às 08h35min

Universitários de Direito da UFMT de Barra do Garças são recepcionados pelo TJMT em Cuiabá

Eles foram conhecer o projeto Nosso Judiciário

ASSESSORIA TJ - MT
ARAGUAIA NOTÍCIA


As portas do Palácio da Justiça foram abertas nesta quarta-feira (27 de fevereiro) para os acadêmicos do oitavo semestre de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) do campus Araguaia/Barra do Garças, por meio do projeto Nosso Judiciário. Os alunos se surpreenderam com as dependências do Tribunal, acompanharam uma sessão de julgamento e puderam “voltar ao tempo” no Espaço Memória, sala onde ficam os documentos antigos e fotos importantes que contam a história do Poder Judiciário do Estado.
 
Essa foi a primeira turma de Barra do Garças a vir ao TJMT este ano. Os universitários vieram acompanhados do professor de estágio em Processo Penal, Valdeir Ribeiro de Jesus, que agradeceu a oportunidade e enalteceu o projeto, destacando a importância do mesmo. “É bem prazeroso e gratificante, e, principalmente, enriquecedor no âmbito do conhecimento e para que os alunos consigam enxergar um possível futuro nessas posições de carreira, bem como no Ministério Público ou mesmo como advogados”.
 
A aluna Karita Souza Carvalho, 27 anos, apaixonada pela Promotoria de Justiça, comentou que foi de grande valia a experiência que teve visitando a sede do Judiciário “Foi muito prazeroso conhecer a estrutura, uma experiência incrível que não temos na universidade, de poder participar de uma sessão de julgamento e estar em contato com o possível futuro dos meus colegas bem como o meu também”.
 
O estudante Murillo Henrique Zonta Sardinha, 22 anos, engrandeceu a oportunidade que o Nosso Judiciário proporcionou. Ele ainda afirmou que o projeto reacendeu e fortaleceu a chama em seu coração como estudante de Direito. “Foi muito valiosa e enriquecedora essa oportunidade, pois há um aprimoramento em nosso aprendizado. Saímos da teoria e vivenciamos um pouco da prática, além de conhecer as dependências do Tribunal. A visita foi de extrema importância para o nosso futuro”, destacou.
 
O juiz auxiliar da Presidência Luiz Octávio Oliveira Saboia Ribeiro conversou com a turma e usou da sua própria trajetória para aconselhar os jovens e instruí-los a sempre aprimorarem seus conhecimentos. “É necessário que conheçam a realidade em que estão e que façam uma reflexão de onde estão e aonde querem chegar, na intenção de esquentar, reviver e reforçar sonhos”, pontuou.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%