12/07/2013 às 18h00min - Atualizada em 12/07/2013 às 18h00min

Programa Mulheres Mil chega ao interior de Mato Grosso

Olhar Direto
Olhar Direto

O programa do governo federal ‘Mulheres Mil’ com objetivo de promover a formação profissional e tecnológica de mulheres desfavorecidas nas diferentes regiões do país, e garantir o acesso à educação profissional e à elevação da escolaridade, chega a cidade de Barra do Garças no interior de Mato Grosso. Na terça-feira (9) foi realizada uma audiência para tratar sobre a implantação deste programa na região.

O fato diferente nesse programa é que ele será adequado as necessidades educacionais e a vocação econômica da comunidade. A audiência procurou estabelecer quais as demandas de cursos profissionalizantes que a cidade de Barra do Garças e região necessitam.

A secretária de Educação, Fátima Rezende, fez a seguinte colocação, “a autonomia e a qualificação que esses cursos irão proporcionar é muito importante, principalmente para as mulheres do campo e ribeirinhas. Esse programa do governo federal traz para a população a consciência da qualificação da mão de obra, para a profissionalização de diversas profissões”.

O programa vem sendo implementado pelos Institutos Federais, no intuito de promover uma cultura de inovação e inclusão no âmbito da Educação Profissional e Tecnológica a partir das características, experiências e necessidades de cada território e de suas populações, criaram-se mecanismos para a promoção do acesso das populações tradicionalmente afastadas da possibilidade inclusão ao conhecimento, à tecnologia e à inovação.

“A determinação dos cursos que serão ofertados em cada Instituto Federal, é realizado através do estudo das características do município e da região, em relação ao comércio, turismo, artesanato, através da aplicação dos questionários socioeconômicos”, disse a gestora do programa em Barra do Garças Geiza.

O programa ‘Mulheres Mil’ primeiro irá levantar quais são os cursos que preenchem as necessidades para definir a data de início. (Colaboração: Konrad Felipe) 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
4.7%
19.9%
73.6%