24/01/2019 às 18h17min - Atualizada em 24/01/2019 às 18h17min

Juara procura polícia e diz que diretor 'sumiu' com 50 mil do time em MT

Fernando José e Jorge Maciel - Futebol Press e Futebol do Interior
Araguaia Notícia


Essa notícia saiu nesta quinta-feira no site Futebol Press e foi repercutida também no Futebol do Interior sobre o diretor que supostamente furtou o time em 50 mil.

Não bastasse ter perdido os três pontos por ter sofrido o WO na estreia contra o Sinop, na abertura do campeonato, ter perdido o mando de campo no jogo contra o Cuiabá (que acontece no próximo domingo) por falta e envio dos laudos técnicos de segurança, o Juara acaba de sofrer mais um duro golpe – na altura do campeonato dos grandes. 

O fato aconteceu há três dias, mas só agora, após uma procura exaustiva em hotéis, restaurantes, praias locais e até boates da cidade de Juara, cidade a 700 quilômetros de Cuiabá, o presidente do Clube, Vicente Antônio resolveu acionar a Polícia Judiciária Civil, denunciando o diretor de Futebol L.B não pelo “seu desaparecimento”, mas pelo sumiço de cerca de R$ 50 mil dos cofres do clube. 

“Esse recurso é que conseguimos reunir junto ao empresariado local para quitar parte da folha e pagar a CBF por liberação de jogadores no BID”, lamentou o presidente ao Futebolinterior. Ele disse ao delegado, na Regional de Polícia Civil, que o suposto dirigiente sacou vários cheques ao portador que empresários emitiram ao clube. O cartola tinha poder de gestão financeira no clube, esclareceu.

A polícia de Juara já encaminhou alerta para estações rodoviárias da região, aeroportos e bases policiais rodoviárias. Investigadores estão atrás do fugitivo desde que a diretoria descobriu o “rombo”. O diretor procurado, natural de Curitiba (PR) chegou a Juara assim que teve conhecimento de que o time havia subido para a elite. Em dezembro, ele disse a diretoria que traria jogadores para fortalecer o elenco, pegou algum adiantamento e retornou no início do mês. 

Com as credenciais de gestor do futebol, ganhou a confiança da diretoria, dos empresários e pecuaristas da cidade. No início da semana, reuniu cheques e dinheiro em cédulas, já que era para se reunir com a diretoria, mas ele não apareceu. Ele fez o check-out no Hotel Colonial, onde estava hospedado e deixou a cidade. Diante do fato de que houve demora para descobrir que os cheques haviam sido sacado e não havia um tostão nos cofres do clube, é possível que

Como é que fica ...?

Mesmo com o cenário adverso, a diretoria do Juara, clube que veio da segunda divisão, vai continuar a disputa do Campeonato Mato-grossense. O presidente disse que a diretoria vai redobrar esforços para garantir patrocínios a fim de dar um mínimo de suporte ao time.

Ele contou que, diante da situação, empresários já manifestaram intenção de ajudar o clube. O Juara enfrenta, neste domingo, na Arena Pantanal, já que perdeu o mando de campo, conforme punição determinada pela Federação Mato-grossense de Futebol (FMF). O Estádio Danilo Pagot não teve os laudos dos Bombeiros emitidos a tempo.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%