24/01/2019 às 06h53min - Atualizada em 24/01/2019 às 06h53min

Campanha arrecada livros para cadeia de Barra do Garças

Assessoria Sejudh / 24 Horas News
Araguaia Notícia
O Núcleo de Educação nas Prisões (NEP) do Sistema Penitenciário está promovendo uma campanha de doação de livros para os projetos de remição pela leitura que é utilizado na cadeia pública de Barra do Garças e demais unidades prisionais de Mato Grosso. Podem ser doados livros de literatura clássica e nacional; filosóficos, científicos, de autoajuda, religiosos e romances que serão destinados a unidades prisionais na capital e no interior do estado.

A coordenadora do NEP, Fabiana Magalhães, explica que o projeto de remição pela leitura existe em algumas unidades prisionais e a ideia é alcançar outras unidades com a campanha. 

No ano passado, 176 reeducandos participaram dos projetos de remição pela leitura. A iniciativa é incentivada pelo Conselho Nacional de Justiça e prevista no Código Penal Brasileiro, sendo que para cada obra lida e feita a resenha, o recuperando pode ter quatro dias de remição na pena, não excedendo 12 livros ao ano. As resenhas são avaliadas por profissionais técnicos das unidades prisionais.

O projeto de leitura é desenvolvido nas unidades de Alta Floresta, Barra do Garças, Juína, Tangará da Serra (masculina), Cadeia feminina de Rondonópolis, Centro de Ressocialização de Cuiabá e Penitenciária Ana Maria do Couto, na capital.

“Queremos expandir os projetos de remição pela leitura, de forma organizada, para as unidades que contam com atividades educacionais, fortalecendo desta forma, a ressocialização entre os custodiados”, pontua o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores.

As doações de livros podem ser feitas na cadeia de Barra do Garças na rua Simeão Arraya no fundo da Delegacia da Polícia Civil; na unidade prisional de Nova Xavantina e na capital do estado na Fundação Nova Chance (ao lado da Empaer, no Bairro Boa Esperança) - (65) 3613-8661

Secretaria de Justiça – Rua Tenente Eulálio Guerra, 488 – Bairro Quilombo (antigo Colégio Plural). 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%