17/01/2019 às 21h43min - Atualizada em 17/01/2019 às 21h43min

Líder de seita é indiciado por estupro de crianças juntamente com avó das vítimas

Acompanhe entrevista do delegado Marlon Souza Luz a Folha Caiapônia detalhando a conclusão do inquérito policial que teve 300 páginas

Folha de Caiapônia
Araguaia Notícia


A Polícia Civil de Caiapônia concluiu o inquérito policial da operação ‘Anjo da Guarda 2’, que apura a prática de estupros em rituais de magia negra. O líder da seita Nilson Alves de Souza, 42 anos, e avó das crianças, Noêmia Cândida de jesus Souza, 49 anos, foram indiciados.

Segundo a Polícia, o homem é suspeito de estuprar quatro meninas, entre (3) e (13) anos, durante os rituais. A mulher é a avó materna das meninas, a Polícia apurou que era ela quem levava as menores para serem violentadas.

O delegado Marlon Souza Luz, que é responsável pelo caso, disse que o inquérito policial tem aproximadamente 300 páginas. No inquérito, constam todos os laudos periciais e os depoimentos das vítimas e dos acusados. Segundo o Delegado Marlon, foram constatados a prática de pelo menos dez estupros, sendo que uma das vítimas foi abusava sete vezes.

O líder da seita foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, mesmo crime que a avó materna das crianças irá responder. O Delegado afirmou que os estupros aconteceram entre julho e setembro de 2018, em um acampamento, numa propriedade rural invadida.

Delegado Marlon entende que os acusados devem permanecer presos até a condenação, pois a um risco da intimidação das vítimas e testemunhas.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%