27/12/2018 às 14h00min - Atualizada em 27/12/2018 às 14h00min

Jovem de 20 anos é perseguido e morto com um tiro

Midia News
Um jovem identificado como Rafael Ferreira, de 20 anos, foi assassinado a tiros no meio da rua, no Bairro CPA III, em Cuiabá, na noite dessa quarta-feira (26).
 
Consta no Boletim de Ocorrência que a Polícia Miliar foi acionada após uma testemunha encontrar o corpo na Alameda 4 do bairro, informando que um rapaz havia sido alvejado.
 
Segundo a polícia, a vítima já havia passado cinco meses presa sob acusação de associação criminosa, roubo à mão armada, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo, sendo solto em 29 de agosto de 2018.
 
Ao chegar no local, os PMs encontraram a vítima caída atrás de um Fiat Siena de cor branca, com um ferimento na região do abdômen. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local e constatou o óbito.
 
A guarnição da PM, então, acionou a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), o Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil.
 
À PM, a testemunha - que também é dona do veículo - relatou que viu dois indivíduos em uma motocicleta perseguindo a vítima e, em seguida, ouviu um disparo. Os suspeitos, porém, ainda não foram identificados.
 
De acordo com a Polícia Civil, que também esteve no local, o proprietário do carro relatou ter recebido dos suspeitos uma coronhada na cabeça, na têmpora do lado esquerdo, causando-lhe inchaço. Ele deve passar por exame de lesão corporal.
 
No entanto, como a testemunha apresentava sinais de embriaguez, deverá comparecer à delegacia para prestar um novo depoimento.
 
O veículo foi aprendido e submetido à perícia no pátio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), visando identificar marcas de sangue e digitais. Imagens de câmeras de estabelecimento comerciais da localidade também devem ser requisitadas na investigação.
 
 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%