21/12/2018 às 18h25min - Atualizada em 21/12/2018 às 18h25min

Réveillon de Barra do Garças terá shows e queima de fogos com 15 minutos de duração no Porto Baé

Entre as novidades está o trio elétrico com Banda Baiana e DJ de Brasília

Francis Amorim / Secom - BG
Araguaia Notícia
A virada de Barra do Garças terá shows músicas de vários ritmos e uma queima de fogos com 15 minutos de duração, no Porto Baé. O Réveillon foi lançado nesta sexta-feira (21), pelo prefeito Roberto Farias e pela secretária de Turismo, Mônica Porto, em entrevista coletiva na Prefeitura. 

A festa de Réveillon será realizada pelo município em parceria com a iniciativa privada, que estará dividindo despesas, que resolveu apoiar o evento que, diante das dificuldades financeiras, correu o risco de não ser realizado. A união de forças garantiu a programação.

O prefeito e a secretária anunciaram como atrações a banda baiana Pata Kundum, no Trio Elétrico Frevioka Tagarela, de Salvador (BA) e o DJ Breno Berlutinny, de Brasília. A expectativa da Prefeitura é reunir cerca de 15 mil pessoas na orla do Porto Baé.

“Como em anos anteriores, será uma festa com queima de fogos de 15 minutos para que tenhamos condições de brindar e pedir a Deus que o ano que vem seja próspero para todos. Será uma festa da família barra-garcense e da região”, disse o prefeito Roberto Farias, agradecendo o apoio da Câmara de Vereadores na realização do Réveillon.

A secretária de Turismo, Mônica Porto destacou a participação das empresas parceiras Ambev, Toda Hora Bebidas, Choopanas, Quiosque Porto do Baé, Tucunaré na Telha, Rei do Açaí, Lobos e Parque Tech na realização da virada de ano.  “Conseguimos articular parceiras que garantiram a queima de fogos padrão, com balsa no rio, como em todos os anos, e esperamos um Réveillon com segurança, paz e praça de alimentação, e que 2019 seja um melhor para todos”, ressaltou.

O Réveillon no Porto Baé já é uma tradição em Barra do Garças desde 2013 quando o prefeito Roberto Farias assumiu a Prefeitura e devolveu ao povo a motivação para sair às ruas e comemorar a chegada de um novo ano às margens do encontro dos rios Garças e Araguaia.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%