20/12/2018 às 06h50min - Atualizada em 20/12/2018 às 06h50min

Médico suspeito de morte da esposa grávida em Mato Grosso é preso no interior de São Paulo

Assessoria / PJC MT
Araguaia Notícia
Em decorrência de mandado judicial após representação da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, o médico Fernando Veríssimo Carvalho, 28, foi preso na manhã desta quarta-feira (19), pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) com apoio da Polícia Militar, na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo. O médico é apontado como principal suspeito da morte de sua esposa ocorrido no final de novembro em Rondonópolis (212 km ao Sul). 

As investigações conduzidas pela PJC, através da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Rondonópolis apontaram para a autoria do suspeito no feminicídio contra a vítima Beatriz Nuala Soares Milano, 23, no último dia 24 de novembro.  A vítima estava grávida de aproximadamente 5 meses.

A Polícia Civil requisitou laudo pericial de necrópsia, realizado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) que constatou que a vítima havia sofrido traumatismo craniano.

Com o resultado do laudo, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva contra o suspeito, sendo deferida pelo Judiciário e cumprida nesta quarta-feira (19) na cidade paulista.

As diligências para captura do investigado envolveram trabalho conjunto entre a PJCMT e a Polícia Militar de São Paulo, com apoio do Ministério Público dos dois Estados.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%