12/12/2018 às 12h26min - Atualizada em 12/12/2018 às 12h26min

Pai, mãe, filhos e mais 5 são indiciados por invadirem fazenda armados e expulsarem funcionários em MT

Os indiciados devem responder por associação criminosa, extorsão majorada pelo uso de arma de fogo e concurso de pessoas.

G1 MT
Araguaia Notícia
Um casal, os dois filhos deles e mais cinco pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil depois de invadirem uma fazenda armados e expulsarem os funcionários da propriedade em Jauru, a 463 km de Cuiabá. O grupo é conhecido na região como 'Família do Borginho'. A invasão comandada por eles foi registrada em fevereiro deste ano.

Foram indiciados: Juvenal Cassimir dos Santos, conhecido como Borginho, Iracema Emília dos Santos, mulher dele, Josielson Eliel dos Santos e Jeremias Otoniel dos Santos (filhos do casal), Welison Antonio de Araújo, Arlindo Portilho Sobrinho, Adalto de Moraes, Valdenir Bezerra de Souza e Carlos Roberto do Nascimento Pela.

O G1 não conseguiu localizar a defesa deles. Os indiciados devem responder por associação criminosa, extorsão majorada pelo uso de arma de fogo e concurso de pessoas.

A investigação apontou que o grupo está envolvido em outras invasões na mesma localidade entre os anos de 2016, 2017 e 2018.

Na última invasão, registrada em fevereiro deste ano, uma das vítimas contou que estava na sede da fazenda quando homens armados chegaram e obrigou os funcionários a deixarem a propriedade. Ao todo, 15 homens intimidaram os funcionários.

Na ocasião, os trabalhadores foram colocados na carroceria de uma caminhonete e foram deixados na cidade.

À polícia, eles contaram que foram ameaçados de morte, caso voltassem à fazenda.

O inquérito deve ser encaminhado ao Fórum da Comarca de Jauru.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%