20/06/2013 às 13h34min - Atualizada em 20/06/2013 às 13h34min

PMs recebem nova farda e reclamam da cor no interior de MT

Olhar Direto
Reprodução

O novo fardamento da Polícia Militar (PM) de Mato Grosso que trocou a cor azul petróleo (escura) para cinza bandeirante (semelhante ao utilizado em SP) já está sendo distribuído junto aos batalhões no interior do Estado. Os primeiros fardamentos que chegaram em Barra do Garças não agradaram aos policiais. Eles reclamam que a nova cor quebra a tradição e até mesmo a identidade da polícia.

Os policiais, que por uma questão do regime militar onde não podem se manifestar, pediram para falar em ‘off’ sobre o assunto. Eles argumentam que é fardamento é de péssima qualidade e talvez não resistirá ao cotidiano de abordagens policiais em sobe e desce morros e matas.

Os militares contam que 95% da tropa do estado, formada por 7 mil homens, foi contra a troca do fardamento e mesmo assim a decisão foi mantida. Temendo que fosse feita uma campanha contra a cor do novo uniforme, anteciparam a distribuição do material.

Para efetuar a troca de fardamento da PM, o estado anuncia um orçamento de R$ 5 milhões cujo valor os policiais entendem que poderia ser aplicado em outras prioridades, pois Mato Grosso já enfrenta dificuldades em função das obras da Copa do Mundo.

Os policiais de Barra reclamam que a decisão partiu de cima pra baixo sem consultar a tropa e por isso está causando esse mal-estar. A entrega do novo fardamento deve terminar dia 28 de junho.

Cada policial está recebendo dois conjuntos operacionais, composto por gandola, calça, camiseta, cinto, cobertura (gorro) e coturno.

O superintendente de Apoio Logístico e Patrimônio (CALP) da PM, tenente coronel Cezar Gomes Metelo, explica que foi feito um levantamento sobre as especificações dos policiais que serão catalogados e biometricamente conferidos na hora da entrega.

O comandante geral da PM, coronel Nerci Adriano Denardi, diz que ‘a padronização’ do uniforme segue os critérios especificados no decreto nº 1.400/2012, que abrange 70 composições de uniformes de todas as unidades policiais, inclusive as especializadas”.

O tenente-coronel de Barra do Garças, Paulo Costa, confirmou que já está sendo distribuído o fardamento no batalhão de Barra porém ele acredita que o material não seja tão frágil assim como mencionou alguns militares. “Essa substituição do fardamento segue um estudo realizado de que o cinza aproximará mais a corporação da sociedade e pelo fato de ser uma cor mais suave diminuirá o calor comparado a cor anterior”, pondera.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%