11/07/2011 às 21h12min - Atualizada em 11/07/2011 às 21h12min

Caos em plena temporada de praia no Araguaia

Olhar Direto
A semana

Os turistas que estão em Barra do Garças, divisa de Mato Grosso e Goiás, curtindo a temporada de praia, estão enfrentando o maior caos para atravessar as pontes devido às carretas. Mais mil carretas passam por dia pela cidade aumentando o drama dos moradores. A travessia de um lado para outro segundo os motoristas está demorando em torno de trinta minutos nos horários de pico.

Esse ano, diferente de 2009 e 2010, a Polícia Militar não está controlando as carretas porque a Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz) ainda não assinou o convênio com a PM para adquirir as jornada-extra dos policiais com relação às folgas. Essa medida foi adotada nos anos anteriores e deu certo diminuindo o caos dentro da cidade.

O motivo desta caos é o posto fiscal de Pontal do Araguaia que é pequeno e não comparta o número de veículos que passam pela região.

As carretas chegam a bloquear os cruzamentos da principal avenida da cidade nos sinaleiros interferindo no trânsito local. Em 2010, os prefeitos de Barra do Garças, Pontal e Aragarças-GO assinaram um decreto, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE), proibindo que as carretas passem pela cidade nos horários de pico das 07 às 09; das 11 às 13 e das 18 às 20 horas.

O comandante da PM no Araguaia, coronel Valdemir Barbosa, explicou que a corporação não tem efetivo suficiente para atender esse serviço e por isso tem que ‘comprar’ a folga dos policiais para ajudar no problema. “Essa avenida é uma rodovia federal seria de competência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazer isso controle, todavia o Estado tem ajudado para evitar mais transtornos” explicou Barbosa.

O prefeito de Aragarças, Marcos Antônio, conhecido Marcão (PT), preferiu não aguardar uma posição do governo goiano e decidiu contratar as diárias dos PMs goianos.

A saída definitivo seria a construção do anel viário para desviar as carretas. A subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Barra (OAB) com apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vai lançar uma campanha “Fora Posto Fiscal, Anel Viário Já”. O movimento terá início na semana que vem.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.2%
75.2%