04/12/2018 às 23h23min - Atualizada em 04/12/2018 às 23h23min

Aragarças fica no escuro, mais um desrespeito da Enel que adquiriu a Celg

José Elias convida vereadores para ajudá-lo num protesto contra companhia de energia que continua prejudicando Aragarças. A informação que a energia acabou porque queimou um transformador.

Araguaia Notícia
Mais uma vez a população de Aragarças foi maltratada pela companhia de energia do estado de Goiás que foi vendida pela Celg para empresa Enel da Itália porém o serviço continua sendo horrível no estado.

Recentemente o procurado de Justiça de Goiás, Demostenes Torres definiu que a “A Celg virou a Geni de Goiás pelo péssimo serviço prestado”. E o que é pior nunca tem informações para comunidade.

A energia começou a faltar no início da tarde de terça-feira e por volta das 20 horas acabou de novo causando revolta dos moradores de Aragarças. A informação é que queimou um transformador porém esse relato é extra-oficial porque a empresa Enel não emitiu nenhuma nota informando o que aconteceu.

O prefeito José Elias Fernandes lamentou o descaso da companhia de energia e disse que esteve várias vezes na capital do estado solicitando que haja mais respeito da companhia com o povo aragarcense. “Mesmo sendo bombardeado e xingado pelos vereadores de oposição que querem me culpar de todos os problmes da cidade. Neste assunto, a população sabe que sempre estive em Goiânia e sempre reclamei pedindo investimentos da Celg e agora Enel para resolver esse problema de acabar energia em Aragarças”, frisou José Elias.

Na rede social, a população cobrou uma união dos prefeito e vereadores e principalmente dos deputados que foram eleitos com votos de Aragarças para fazerem um protesto na porta Enel em Goiânia para demonstrar a direção que a empresa precisa investir urgentemente em Aragarças.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.5%
1.3%