18/06/2013 às 18h12min - Atualizada em 18/06/2013 às 18h12min

Quatro cidades se classificam no Circuia. Destaque para os índios bororos

O festival de festa junina foi organizado em General Carneiro pela prefeita Magali Vilela

Olhar Conceito / Olhar Direto
Olhar Conceito / Olhar Direto

A etapa eliminatória do Circuito de Quadrilha do Araguaia (Circuia), com o melhor da festa junina, classificou quatro cidades, nesse final de semana em General Carneiro. Um grande arraiá com direito a pipoca, quentão e bailão foi montado para recepcionar as equipes de oito cidades do leste de Mato Grosso com destaque para uma equipe dos índios bororos de aldeia Merure. Eles foram convidados pela prefeita Magali Vilela que incentivou a promoção do evento.

“Aqui nós estamos resgatando a tradição da festa junina entre as cidades como acontece no nordeste brasileiro com a festão de São João”, destacou Magali. Ao final, o secretário de Cultura Valdeli Forte, informou que foram classificados General Carneiro e Araguainha como campeãs e as cidades de Torixoréu e Barra do Garças.

As cidades classificadas vão participar da final regional marcada para os dias 28, 29 e 30 de junho em Serra Nova Dourada, no Norte Araguaia. O público que esteve no Circuia em General Carneiro participou ativamente das três noites do evento com direito a show ao vivo como a dupla Mário e Thizil e ainda apreciou a culinária regional com deliciosos quitutes.

Os índios bororos foram lembrados não só na dança, mas também historicamente onde o público teve oportunidade de conhecer um pouco do centro cultural Padre Rodolfo Lunkeinbeim onde guarda um pouco da cultura do bororo. Os visitantes do centro foram recebidos pelo padre Ochoa; historiador, escritor e mestre Mário Bordinone; vereador Altair Lopes Toroguia e a coordenadora do centro cultural Leonilda e o cacique José Mauro.

A prefeita Magali reiterou que no próximo ano vai ter mais e ela pretende expandir a festa. “Nós queremos sediar em 2014 a final do Circuia, porque a população gostou do evento e a região também”, completou.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%