18/06/2013 às 12h29min - Atualizada em 18/06/2013 às 12h29min

Bezerra confirma provisória do PMDB de Barra sem Daltinho

Olhar Direto
Olhar Direto

A comissão provisória do diretório do PMDB de Barra do Garças foi confirmada em diário oficial com quatro membros e sem a presença do suplente de deputado estadual Adalto de Freitas, Daltinho (PMDB), fato que já era esperado após a briga dele com o presidente do PMDB em Mato Grosso, deputado federal Carlos Bezerra e o próprio governador Silval Barbosa.

A comissão provisória do PMDB de Barra passa a ser comandada pelo secretário de Turismo de Barra do Garças, empresário Romário Queiroz. Compõem ainda a provisória: Pedro Fernando Santiago como 1° membro; vereador Welinton Mandioquinha, 2° membro; Norma dos Santos Moreira, 3° membro e Clerismar Ferreira de Oliveira, 4° membro.

Romário ressaltou que está pronto para o seu novo desafio que é reestruturar o PMDB em Barra com aumento do número de filiados e consolidar os projetos que do partido para o município junto ao governo federal e estadual. Ele destacou que com apoio do governador Silval, Carlos Bezerra e Teté estão previstos investimentos de R$ 12 milhões no município. “Nós estamos confirmando junto ao PMDB a construção do centro de convenções, a reforma do aeroporto e o projeto de uma avenida às margens rio Araguaia em parceria com o prefeito Roberto Farias”, completou.

O secretário de Turismo acredita que o partido se confirmará nas próximas ações como um grande parceiro da cidade de Barra do Garças. Sobre a situação de Daltinho, Romário disse ficou sabendo na imprensa que ex-deputado se prepara para deixar o partido e filiar-se ao novo partido denominado PS.

O clima dentro do PMDB para Daltinho ficou insustentável após a derrota dele em 2010 e suas críticas pesadas ao governador e consequentemente ao cacique Bezerra. O vereador Mandioquinha como aparece na provisória optou em continua no partido, o mesmo não se vê com relação a Reinaldo Chocolate que deve sair junto com Daltinho do partido.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%