12/11/2018 às 07h33min - Atualizada em 12/11/2018 às 07h33min

Detenta passa mal e morre na cadeia feminina de Nova Xavantina

Ézio Garcia / Sintonia News
Araguaia Notícia
A recuperanda Dieila Santos Silva, de 24 anos, foi encontrada morta em sua cela na Unidade Prisional Feminina de Nova Xavantina na manhã deste domingo, 11/11.

Segundo o agente de plantão, Luís Rezende, que responde pela Unidade nas férias da Diretora Guiomar Silva da Costa; durante a noite do sábado, 10,  Dieila passou mal e  foi levada ao Hospítal Municipal Dr. Daércio de Moraes, onde foi clinicada e liberada para retornar á Unidade, vindo a falecer em sua cela durante a madrugada, vítima dei parada cardíaca em decorrência de AVC.

TRATAMENTO

Em entrevista ao site SN e programa Sintonia Roncador na noite deste domingo, Luís disse que há dias Dieila apresentara problemas de saúde, e vinha sendo tratada. “Nós levamos ela diversas vezes ao hospital para as consultas e medicamentos” contou.

“Havia dois pedidos de exames de tumografia -um pela família, que seria realizado em Água Boa e não foi devido ao aparelho estar avariado- e outro solicitado à Prefeitura. O que saísse primeiro nós iríamos levar” disse o agente, que relatou estar ocupando a detenta uma cela especial, individual, para facilitar no tratamento.

CONFRESA

Dieila é natural de Confresa, e veio transferida para a UP de Nova Xavantina, que abrange toda a região, respondendo por crime de tráfico de drogas, que ainda não tinha sido julgada, era recuperanda provisória.

Após a liberação do corpo, o mesmo foi transladado para o município de Confresa por volta das 12 horas.

A entrevista com o agente prisonal Luís Rezende sobre o óbito na Unidade Prisional Feminina de Nova Xavantina irá ao ar nesta segunda feira, 12, no programa Sintona Roncador, que começa às 12 horas, na Rádio Roncador FM.
Notícias Relacionadas »
Comentários »