03/11/2018 às 09h03min - Atualizada em 03/11/2018 às 09h03min

MDB deve participar do governo Mauro Mendes, anuncia Carlos Bezerra

Mauro deve se reunir com aliados para definir staff de governo em dezembro. Existe a possibilidade de Barra do Garças indicar nomes para o governo democrata

Midia News
Araguaia Notícia
Bezerra teve apoio do prefeito Roberto Farfias e MDB sob comando do Benier
O deputado federal e presidente do MDB em Mato Grosso, Carlos Bezerra, garantiu que o partido terá espaço para indicar nomes da equipe do governador eleito Mauro Mendes (DEM). O político afirmou, no entanto, que qualquer negociação neste sentido só será realizada no mês de dezembro.

Até lá, Mendes e a equipe de transição estão se debruçando sobre os números do Estado.

“O governador Mauro Mendes estabeleceu conosco um cronograma. Ele nomeou a comissão de transição - da qual nós fazemos parte, indicamos um membro. Esse mês é de avaliação do Estado, temos que ver como está a situação. E essa equipe está trabalhando diuturnamente nesse sentido”, disse Bezerra.

“No mês de dezembro vamos discutir a montagem do Governo. Aí vamos dizer qual seria a participação do MDB. Só sei dizer que iremos participar”, acrescentou o deputado. Bezerra reiterou que é natural que os partidos que ajudarão na eleição de Mendes participem também da equipe.

“Ganhamos juntos, vamos governar juntos, ajudar a viabilizar o Governo juntos. Agora, que cargo [vai ser indicado], quantos, isso não está definido. Vamos conversar em dezembro a respeito disso. Mas vamos participar do Governo, com certeza”, concluiu Bezerra.

Indicações partidárias

Em entrevistas recentes, Mauro Mendes já admitiu que cederá espaço em seu secretariado para partidos que estiveram em seu arco de alianças no pleito eleitoral deste ano.

Ele adiantou que as indicações partidárias terão que passar pelo mesmo “crivo” dos demais secretários.

“Vou dar sim algum tipo de participação àqueles que estiveram ao nosso lado. Mas isso ocorrerá dentro dos critérios que valem para todo mundo. Não importa se a indicação é de partido ou se é escolha pessoal, todos seguirão os mesmos critérios”, disse o eleito.

Entre os critérios apontados por Mendes estão conhecimento, capacidade, experiência, honestidade e vontade de trabalhar.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »