01/11/2018 às 11h26min - Atualizada em 01/11/2018 às 11h26min

Acidente em aldeia mata 3 índios e deixa indígena de 100 anos ferido em MT

Batida entre 3 veículos matou índia de 8 anos e dois índios de 26 e 60 anos. Acidente ocorreu quando um dos veículos tentou desviar de outro que estava na contramão.

G1 MT
Araguaia Notícia
Portal Campo Novo
Três indígenas morreram em um acidente na noite dessa quarta-feira (31) na MT-235 em Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, o acidente envolveu uma caminhonete, um caminhão e um carro.

Morreram no acidente uma índia, de 8 anos, Raimundo Zoinazokae, de 60 anos, e Ednalva Kalomizore, de 26 anos.

O acidente ocorreu às 18h45 no dentro da reserva indígena, na entrada da aldeia Quatro Cachoeiras,

De acordo com a Polícia Civil, Adriano Zenozokemae, de 100 anos, era o motorista da caminhonete onde todos os indígenas estavam. Apenas ele e outro motorista sobreviveram e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O terceiro condutor não se feriu.

O acidente envolveu a caminhonete dos indígenas, uma caminhonete Montana e um carro, modelo UP.

Segundo testemunhas, as vítimas da caminhonete estavam voltando da cidade de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá, para Tangará da Serra, a 242 km da capital, quando encontraram a Montana na contramão na estrada.

O motorista tentou evitar o acidente, mas não conseguiu bateu na porta da Montana, que também atingiu a traseira do UP. O terceiro veículo estava parado no acostamento pois o condutor havia parado para fazer xixi.

Dois dos indígenas estavam na carroceria da caminhonete e foram arremessados. Um boletim de ocorrência foi registrado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo. O acidente será investigado pela Polícia Civil.

O indígena de 100 anos está internado no Centro Hospitalar Parecis Euclídes, em Campo Novo do Parecis.
Notícias Relacionadas »
Comentários »