09/06/2013 às 11h50min - Atualizada em 09/06/2013 às 11h50min

Prefeito anuncia retomada da obra UPA que está paralisada

Olhar Direto
Olhar Direto

O prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (PSD), anunciou sábado (8), durante o mutirão Barra Feliz no setor São José, a retomada da obra de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) abandonada na gestão passada. “Essa unidade de desafogará o centro e dará um rápido atendimento ao São José para onde a cidade está crescendo”, frisou.

A obra da UPA foi paralisada inexplicavelmente no ano passado e segundo Beto o dinheiro enviado pelo governo federal desapareceu. “Vamos ter que aumentar a contrapartida para cumprir o compromisso de construir essa UPA”, acrescentou que acredita que a obra estará pronta até o final de 2013.

Além da UPA, Beto disse que irá construir em Barra do Garças um hospital para tratamento de dependentes químicos.
“Estamos buscando parceria com o governo federal porque o problema de drogas não aflige só o paciente mas também as famílias”, completou. As novidades foram anunciadas durante o mutirão Barra Feliz da prefeitura de Barra do Garças no setor São José onde moram 4 mil famílias.

As pessoas que compareceram no mutirão tiveram acesso aos atendimentos na saúde, educação, ação social, troca de lâmpadas e limpeza pública. “Esse mutirão leva a estrutura da prefeitura até os bairros e eu agradeço aos parceiros”, salientou o prefeito se referindo a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SENAI, Politec, Defensoria Pública e aos alunos das universidades Cathedral e Univar.

Participaram do mutirão, os vereadores Geralmino Neto, Valdemir Barbosa e Welinton Mandioquinha, secretários, servidores, banda Ofélia Dondo, coral da 3ª Idade e músicos regionais .

Os moradores também tiveram corte de cabelo, massagem terapêutica e ganharam mudas de árvores cedidas pela Secretaria de Meio Ambiente no encerramento da programação da Semana Internacional do Meio Ambiente em Barra do Garças.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%