Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
24/10/2018 às 10h49min - Atualizada em 24/10/2018 às 10h49min

Beto Farias recebe visita de representantes da Rede de Frente contra a violência da mulher em Barra do Garças

Francis Amorim / Secom - BG
Araguaia Notícia
Edevilson Arneiro / Secom-BG
O prefeito Roberto Farias se reuniu nesta terça (23), com representantes da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher (Rede de Frente) para a discussão de parcerias que possam auxiliar a entidade em ações integradas de combate à violência doméstica em Barra do Garças. Entre as ações está a cessão de um veículo para a Patrulha Rede de Frente – Mulher Protegida.

Durante o encontro as representantes da Rede de Frente, a promotora de Justiça Hellen Uliam Kuriki, a juíza da 2ª Vara Criminal, Augusta Prutchansky e a tenente PM Vivianne Metello, comandante da Patrulha, apresentaram ao prefeito a Patrulha Rede de Frente – Mulher Protegida e discutiram parcerias com a Prefeitura para o desenvolvimento do projeto no acompanhamento das mulheres vítimas de violência doméstica.

Na oportunidade, a Rede de Frente solicitou ao prefeito Roberto Farias a cessão de um veículo para a Polícia Militar realizar o serviço de proteção desenvolvido pela patrulha e evitar que o programa seja prejudicado. “Nessa transição de governo, a PM tem encontrado dificuldade na execução do projeto que é de fundamental importância para as vítimas e diante disso, viemos em busca de socorro para que o município nos apoie e auxilie com esse veículo”, disse Helen Kuriki. 

De imediato, o prefeito Roberto Farias informou as representantes da Rede que o município estará cedendo em regime de comodato uma caminhonete para que o trabalho da Patrulha não seja interrompido por falta de viatura. “É uma reivindicação justa e para atendermos a entidade, estaremos enviando um projeto de Lei à Câmara Municipal solicitando autorização para a assinatura do termo de comodato. A Prefeitura de Barra do Garças apoia qualquer tipo de iniciativa que venha combater a violência contra a mulher e estará aberta a novas parcerias nesse sentido”, disse.

Casa de Acolhimento

Roberto Farias sugeriu a Rede de Frente a implantação de uma Casa de Acolhimento para abrigar as mulheres vítimas de violências em Barra do Garças. Segundo ele, a Prefeitura estará auxiliando nesse projeto, inclusive, na locação de um imóvel em um ponto estratégico da cidade para que ações em defesa das vítimas sejam realizadas.

Em Barra do Garças, 45 mulheres estão incluídas no programa Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher, recebendo, periodicamente, visitas de policiais que levam auxílio e segurança para que elas consigam se reerguer dos atos de violência sofridos no ambiente doméstico.
Imagem

Imagem


Imagem

Imagem

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90