06/06/2013 às 12h55min - Atualizada em 06/06/2013 às 12h55min

Agricultores voltam ocupar reserva e pode ter conflito com índios

Olhar Direto
Olhar Direto

Os agricultores da antiga gleba Suiá Missu que virou a reserva indígena Marãiwatsédé, em Alto Boa Vista a 1.100 km de Cuiabá, voltaram a ocupar área contrariando os índios xavantes que ameaçam entrar em conflito com os produtores.

A ocupação teve início domingo (2) e segundo informações já tem aproximadamente 300 famílias de agricultores dentro da área que decidiram voltar alegando que o governo federal não cumpriu com a promessa que iria conseguir outra área para eles. A desintrução da Marãiwatsédé foi realizada em janeiro deste ano com a presença de tropas da Força Nacional e do Exército.

Mais de seis mil famílias foram retiradas da reserva onde tinha o distrito chamado Estrela do Araguaia com escola, posto de saúde, comércio e várias fazendas constituídas.
A retirada dos brancos foi decida pela Justiça após estudo antropológico de que a Suiá Missu teria sido constituída em cima da reserva dos índios xavantes que devido as dificuldades teriam se mudado no século para outras localidades.

O cacique Damião Paradzane, líder dos xavantes, enviou uma carta ao governo federal denunciando a invasão e pedindo providências. Com informações da Agência da Notícia.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%