Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
03/10/2018 às 20h19min - Atualizada em 03/10/2018 às 20h19min

Prefeito e superintendente da Caixa assinam ordem de serviço para conclusão de casas populares em Barra do Garças

Francis Amorim / Secom - BG
Araguaia Notícia
Edevilson Arneiro / Secom-BG
O prefeito Roberto Farias, acompanhado pelo superintendente Regional da Caixa Econômica Federal (CEF), Moacyr do Espírito Santo, assinou nesta quarta (3), a ordem de serviço para o reinício das obras dos conjuntos habitacionais Carvalho I, II e III. A previsão é que dentro de 12 meses as obras sejam concluídas e entregues às famílias já sorteadas pela Prefeitura de Barra do Garças.

A retomada acontece cinco anos depois que as obras foram paralisadas por falta de recursos do Governo Federal. Nesse intervalo, o prefeito Roberto Farias fez diversas viagens à Cuiabá e Brasília, se reunindo com representantes da Caixa Econômica e da bancada federal de Mato Grosso em busca de apoio para a conclusão das casas. Em uma das viagens ao Distrito Federal, o prefeito se reuniu também com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Iniciadas em 2013, as 1.436 casas já deveriam ter sido entregues às famílias, contudo, a crise econômica e o atraso nos repasses dos recursos da presidente Dilma Rousseff à Caixa, levou as construtoras responsáveis pelas obras a paralisá-las, causando enormes prejuízos à cidade. Além da falta de dinheiro, a judicialização dos conjuntos emperrou ainda mais o processo de retomada.

“Foi preciso aguardar pela solução desses trâmites para que a Caixa Econômica Federal pudesse realizar uma nova licitação e garantir que as obras fossem reiniciadas. Hoje, é um dia histórico para Barra do Garças. São centenas de famílias que aguardam há anos pela realização do sonho da casa própria que, em breve, será concretizado”, disse o prefeito Roberto Farias.

De acordo com o superintendente da Caixa em Mato Grosso, Moacyr do Espírito Santo, serão investidos R$ 55,9 milhões na conclusão das obras. “Em Mato Grosso 6 mil unidades estavam paralisadas, sendo 1.436 em Barra do Garças. Com essa nova licitação, vencida pela Construtora Resecom, todas as unidades serão concluídas no prazo máximo de 18 meses, mas com previsão de 12”, disse.

Emprego

A retomada imediata das obras, segundo o prefeito Roberto Farias e o superintendente da Caixa, serão gerados 250 empregos diretos. Os trabalhadores interessados em uma vaga poderão levar o currículo na sede do Sine, na unidade do Ganha Tempo. “Serão injetados R$ 55 milhões na economia local e gerando mais empregos, além de garantir o sonho da casa própria para as famílias que guardam pelo benefício”, destacou o prefeito.

A Construtora Resecom, além de concluir as 1.436 unidades, será responsável também pelas obras complementares, como a pavimentação das ruas, ligando o Carvalho I, II e III aos bairros Jardim Nova Barra, Wilmar Peres e Solar Ville.
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé


A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: céu, casa e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: céu, casa e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: céu, casa e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: céu, casa e atividades ao ar livre

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90