20/05/2013 às 12h12min - Atualizada em 20/05/2013 às 12h12min

Sucuri de 6 metros é capturada em cachoeira e apelidada de Baby

Olhar Direto
Pedro Fernando / Parque Serra Azul

Uma equipe do Parque Estadual da Serra Azul capturou por volta das 16 horas de sábado (18) uma sucuri de 6 metros numa cachoeira da Serra Azul. Pelo fato de alguns pescadores contarem que já viram sucuris de até doze metros, a sucuri encontrada em Barra do Garças foi batizada de Baby.

O diretor do Parque Serra Azul, Pedro Fernando Santiago, disse que o animal foi localizado pelo professor e secretário de Cultura de Barra Alex Matos que estava passeando com amigos pela serra e avistou a sucuri enrolada escondida dentro de uma fenda do paredão de pedras da terceira cachoeira.

Inicialmente todos ficaram assustados, mas Alex teve a iniciativa de avisar a direção do parque até mesmo para que o animal não seja abatido por caçadores no parque. A cobra foi retirada com uso de laço e força física de vários homens. Participaram da ação também o ambientalista Francisco Garrincha da Associação de animais e o biólogo Marcelo.

A cobra foi levada para associação ‘Amigos dos Animais’ onde será alimentada e será devolvida ao seu habitat na segunda-feira. Segundo Pedro, não é comum encontrar sucuris na serra ainda mais deste tamanho.

Recentemente a sucuri foi tema até mesmo de uma ‘trolagem’ de um site fictício que soltou na rede que um deputado havia sido engolido por uma de oito metros em Mato Grosso. A brincadeira custou caro porque foi citado o nome de um deputado de Minas Gerais que decidiu acionar os ‘troladores’.

Na região de Barra do Garças já houve o caso de um índio que foi engolido por uma sucuri. E é comum animais como bezerros, cachorros e porcos serem pegos por sucuri. Elas habitam águas pantanosas e se alimentam de pequenos animais. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%