21/08/2018 às 19h42min - Atualizada em 21/08/2018 às 19h42min

Ex-primeira-dama Cândida Farias fortalece mulher na chapa ao Senado Federal

Francis Amorim / Jornal Cidade MT
Araguaia Notícia
Ex-primeira-dama do Estado e de Barra do Garças por dois mandatos de prefeito, a empresária Cândida Santos Farias (MDB), viúva do saudoso ex-Governador Wilmar Peres de Farias, fortalece a chapa do ex-governador Jayme Campos (DEM), candidato ao Senado da República nas eleições deste ano.

Suplente na chapa de Jayme, Dona Cândida, como é carinhosamente chamada, em caso de vitória do candidato, poderá ser a primeira mulher do Vale do Araguaia com representatividade no Senado. A empresária poderá fazer história, como fez o marido, Wilmar Peres, quando assumiu o Governo do Estado, vindo do interior e de Valdon Varjão, como primeiro senador negro da história do país.

Ciente da responsabilidade, a mãe do prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, é uma das gratas surpresas dessas eleições. Depois de superar um grave problema de saúde, que mobilizou toda a região em orações, D. Cândida está preparada para o novo desafio.

Com a experiência de ter sido primeira-dama de Mato Grosso e de Barra do Garças, atuando nos movimentos sociais, a empresária acredita na força da mulher como instrumento de democracia para colaborar para as mudanças que o país precisa. Segundo ela, a inserção da mulher na política é uma demonstração dessa capacidade.

Junto com Jayme Campos e o deputado federal Fábio Garcia (DEM). D. Cândida pretende dar a sua parcela de colaboração na campanha e, em caso de êxito nas urnas, colaborar também para um Mato Grosso e um Vale do Araguaia melhor. Cita que os ensinamentos do marido, Wilmar Peres, serão válidos nesta caminhada.

O prefeito Roberto Farias (MDB) destacou a iniciativa do ex-governador Jayme Campos em prestigiar o Vale do Araguaia ao escolher sua mãe como suplente em sua chapa ao Senado Federal. Entende que D. Cândida representa a mulher e também reúne todos os requisitos para lutar por um Estado mais digno aos mato-grossenses.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%