10/05/2013 às 17h13min - Atualizada em 10/05/2013 às 17h13min

Acusados de matar caminhoneiro têm audiência de instrução

Olhar Juritico
Olhar Direto

A audiência de instrução no processo de homicídio movido pelo Ministério Público Estadual (MPE) dos acusados Olicemar Antônio de Andrade e Renata Cristina Cruz Vilas Boas acontece às 17 horas de quinta-feira (9) no fórum de Barra do Garças. Essa audiência de pronuncia é aguardada pela família da vítima, o caminhoneiro Marcos Batista Martini, que há sete anos espera por justiça com relação a esse crime.

Marcos, segundo o Ministério Público Estadual (MPE), foi assassinado em abril de 2006 pelo acusado Olicemar que era apaixonado por Renata, que por sua vez, era namorava da vítima.

A denúncia aponta que o caminhoneiro foi surpreendido quando retornava da residência da namorada na avenida principal do bairro BNH com dois tiros, o atirador seria Olicemar. A vítima foi socorrida no Pronto Socorro, mas foi a óbito.

A promotoria relata que o acusado mantinha um caso amoroso com a namorada de Marcos e chegou a deixar a família para viver com moça. O MPE sustenta que Renata colaborou com informações para que o homicídio ocorresse. Uma ligação telefônica entre os dois foi detectada momentos antes do crime e cujo sinal de Olicemar estava na torre do bairro BNH próximo ao local do crime.

Renata e Olicemar negam o crime. Durante a sua prisão, Olicemar admitiu que sua paixão por Renata e insinuou que estava sendo preso como bode expiatório. “Eu sou inocente e vou morrer afirmando isso”, declarou. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%