09/05/2013 às 18h33min - Atualizada em 09/05/2013 às 18h33min

Onze julgamentos movimentam Júri Popular no interior de MT

Olhar Jurídico
Olhar Direto

Onze pessoas vão sentar no banco dos réus durante a pauta de Júri Popular em Barra do Garças que neste ano inaugurar um novo espaço para as audiências. O auditório construído ao lado do Fórum. “Em 60 anos da comarca de Barra, esse é o primeiro Júri que irá acontecer aqui nas dependências do Fórum”, destacou o juiz Bruno D’Oliveira Marques, presidente do Tribunal do Júri de Barra.

O magistrado destacou que o Júri constitui no segundo ápice da democracia onde o povo julga um acusado de crime. O primeiro é voto direto onde o povo escolhe os seus governantes. Bruno convidou também a população e principalmente os universitários de direito para assistirem aos julgamentos.

O primeiro a ser julgado foi Carlos Roberto Ferreira de Souza, acusado de tentativa de homicídio, que foi absolvido. O corpo de jurado formado por 7 pessoas entendeu que Carlos Roberto não tinha intenção de matar após analisar os elementos apresentados. O juiz togado decidiu aplicar a pena por lesão corporal, como o fato ocorreu em 2008, acabou prescrevendo o crime. Só que Carlos permanecerá preso porque já cumpre pena por tráfico em Água Boa.

Atuaram nesse primeiro júri, o defensor público Edemar Barbosa Belém e o promotor Wdison Luiz Franco, representante do Ministério Público Estadual (MPE).

Edemar e Wdison elogiaram o Poder Judiciário pela construção do auditório que oferece um espaço aconchegante e mais equipado para promover o Júri Popular. Eles também agradeceram a Câmara Municipal, que por muitos anos, cedeu o plenário para o Júri Popular.

A pauta segue quarta-feira (15) com o julgamento de Alcione Júnior Alves Vieira. Dia 17/05: Breno Fernandes Pereira: dia 22/05: Luziano Pires dos Santos; dia 24/05: Wagner Rodrigues Alves; dia 27/05: Paulo Sérgio Alves de Souza; dia 29/05: Vitor Hugo Moraes M. Oliveira; dia 07/06: Marcos Santos Teixeira; dia 10/06 Janaína Miranda Pina e dia 12/06: Paulo Guilherme de Souza. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%