17/08/2018 às 07h10min - Atualizada em 17/08/2018 às 07h10min

Cidade do Vale do Araguaia supera média nacional em 8 dos 10 indicadores da saúde e ganha destaque estadual

Um dos caçulinhas da região, o município de Serra Nova Dourada foi destaque durante prestação de contas no TCE-MT

Assessoria / TCE - MT
Araguaia Notícia
Em 2017, dos dez indicadores avaliados na área da saúde, o Município de Serra Nova Dourada superou a média brasileira em oito. Em apenas dois deles foi inferior à média Brasil: na Taxa de Internação por Infecção Respiratória Aguda (IRA) em menores de 5 anos e na Cobertura - Imunizações: Pentavalente. Ano passado, o município investiu 34,76% da sua receita base em saúde, contra os 32,24 investidos em 2016, aumento de pouco mais de dois pontos percentuais.

Esse foi um dos pontos destacados pela conselheira interina Jaqueline Jacobsen ao embasar seu voto no Processo nº 174220/29017, que tratou das contas anuais de governo, exercício de 2017, da Prefeitura de Serra Nova Dourada, sob a responsabilidade do gestor José Ocimar Gomes da Silva Aguiar. O voto pela emissão de parecer favorável à aprovação das contas foi lido pelo conselheiro substituto Ronaldo Ribeiro, na sessão do Pleno do dia 14 de agosto, e acompanhado por unanimidade do colegiado.

No setor de educação também houve aumento da aplicação dos recursos, de 32,24% da receita base em 2016 para 34,76% em 2017. Também houve aumento da aplicação dos recursos do Fundeb, de 70,15% em 2016 para 87,26 em 2017, garantindo assim o limite de repasse constitucional. Porém, na educação, os resultados não foram tão expressivos. O município superou a média nacional em cinco indicadores e em três ficou abaixo, sendo eles: Taxa de Cobertura Potencial na Educação Infantil (0 a 6 anos); Proporção de Escolas Municipais com Nota na Prova Brasil (Matemática 4ª Série/5º Ano); e Proporção de Escolas Municipais com Nota na Prova Brasil (Português 4ª Série/5º Ano).

Diante desse quadro, a conselheira recomendou ao gestor para que analise os dois indicadores da saúde e os três da educação que ficaram abaixo da média nacional e adote medidas que visem elevá-los.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%