15/08/2018 às 12h24min - Atualizada em 15/08/2018 às 12h24min

Caixa fará assinatura de contrato e dará ordem de serviço para obras do Residencial Carvalho na próxima semana

Em Brasília, Roberto Farias cobrou também a publicação do credenciamento da UPA no Ministério da Saúde, hoje o funcionamento é bancado pelo município_

Assessoria
Araguaia Notícia
O prefeito Roberto Farias cobrou nesta terça-feira o Secretário executivo do ministério das cidades, Silvani pereira, a retomada das obras do Residencial carvalho em Barra do Garças, acompanhado de representantes da bancada Federal, Beto recebeu a garantia do aporte para o reinício até a conclusão das obras, sendo R$ 5.848.395,05 para as 450 unidades do residencial Carvalho I, R$ 6.472.645,00 para as 500 casas do Carvalho II e R$ 5.231.762,34 para as 486 unidades habitacionais do carvalho III. 

O representante do Ministérios das cidades confirmou para a próxima semana a vinda do Superintendente Regional da Caixa para a assinatura do contrato e dar a ordem de serviço. O novo gerente da Caixa em Barra do garças, Wylton Serpa e o gerente regional, João Henrique explicaram que a construtora está atualizando as certidões para iniciar a obra até a conclusão, prevista para meados de 2019. 

O prefeito de Barra do Garças aproveitou o encontro para cobrar mais casas populares para o município, “existe ainda uma demanda muito grande, várias famílias que ainda não foram beneficiadas, em relação ao residencial Carvalho foi uma luta muito grande, mas finalmente foi destravado e já na próxima semana acontecerá a assinatura do contrato e será dada a ordem de serviço, agradecemos o empenho da bancada Federal, através dos deputados Carlos Bezerra, Valtenir Pereira, Fábio Garcia, Senador Wellington, deputado estadual Max Russi, uma somatória de esforços junto com a gerência da Caixa para que as famílias consigam realizar o sonho da casa própria”, disse. 

CREDENCIAMENTO DA UPA

Também acompanhado por representantes da bancada Federal, Beto Farias esteve no Ministério da Saúde tratando do credenciamento da UPA para que a União realize os repasses para a manutenção da Unidade de Pronto Atendimento em barra do Garças.

“O Estado não está fazendo o repasse pois não está recebendo da União e com isso o município está mantendo sozinho, o funcionamento da UPA desde a inauguração em dezembro do ano passado, obtive do ministro Gilberto Occhi que a portaria do credenciamento será publicada ainda essa semana, e com isso passaremos a receber R$ 270 mil, o que vai avaliar a situação, pois hoje Barra do garças banca os cerca de R$ 500 mil mensais para o funcionamento, sendo que todos sabem, que a alta e a média complexidade é de responsabilidade do estado e da União, tem sido um esforço muito grande para garantir o atendimento a população, sem grandes filas e pacientes tendo que ser atendidos nos corredores como vimos em várias partes do país”.
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem




Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%