04/05/2013 às 00h33min - Atualizada em 04/05/2013 às 00h33min

Trabalhador morre esmagado em armazém de vice-prefeito

Com esse, agora já são cinco mortos em armazéns de Canarana

Agro Olhar
Canarana News / Agua Boa News

Mais uma tragédia foi registrada em Canarana, a 830 km de Cuiabá, com a morte de um trabalhador esmagado numa engrenagem conhecida como caracol que leva soja até o armazém. No mês passado, na mesma cidade, quatro trabalhadores faleceram no depósito Cargil.

O acidente de quinta-feira (2) vitimou João Antônio da Silva, 40 anos. De acordo com relato dos colegas de trabalho, a vítima mesmo sendo experiente na função estava muito próxima da engrenagem da máquina e foi alertado do risco. Passados alguns segundos, ele acabou sendo sugado pelo equipamento.

A tragédia aconteceu na empresa Volta Grande Armazéns Gerais, de propriedade do vice-prefeito de Canarana, Olenir Nicki Bernardi. Uma equipe da Politec esteve no secador, a 2 km do perímetro urbano, apurando as circunstancias do acidente.

No dia 21 de abril deste ano, um silo de soja desabou matando quatro trabalhadores: Carlos Alexandre Rodrigues dos Santos; Vitor Domingos dos Passos; Eliangi Marcelo Kalapalo e Luciano dos Santos da Silva.

Esse segundo acidente já remete a necessidade de fazer uma fiscalização nos armazéns da região sobre equipamentos de segurança e a importância de realizar cursos e reciclagens com trabalhadores nessa área. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%