02/05/2013 às 17h05min - Atualizada em 02/05/2013 às 17h05min

Pescadores acham corpo de garçom que se afogou na divisa de MT

Olhar Direto
Araguaia Notícia

Pescadores encontraram, quarta-feira (1), no rio Araguaia em Barra do Garças o corpo do garçom Roberto Romário Nascimento, 19 anos, que se afogou domingo passado. Ele estava na companhia de outros colegas curtindo a praia da Rapadura no rio Garças quando começou a se afogar no rio.

Tudo começou numa brincadeira entre os garotos que estavam se divertindo no rio e num certo momento Roberto que estava nadando parou no meio do rio e pediu socorro. Os colegas acreditam que ele passou mal ou sentiu alguma câimbra e foram até ele para ajudá-lo, mas o garçom afundou e não foi mais visto.

O corpo desceu bastante passou do rio Garças para o Araguaia e foi encontrado 10 km abaixo no fundo das Águas Quentes. O cadáver foi encontrado pelos pescadores que estavam pescando próximo ao local que acionaram os bombeiros.

O cadáver de Roberto foi colocado dentro do barco e levado até a rampa do Porto do Baé onde foi entregue ao Instituto Médico Legal (IML) e já estava com rosto desfigurado pela ação de peixes principalmente candiru. Parentes e amigos, que acompanhavam as buscas, estavam na rampa do Baé bastante emocionados dizendo que acabou a agonia da família porque o corpo ainda não havia sido encontrado.

O barqueiro França, que transporta turistas nos rios, ressaltou o risco que existe de afogamento no Garças que tem uma correnteza mais forte do que o Araguaia, mas mesmo assim os dois rios merecem atenção redobrada por parte dos banhistas. “Rio é sempre perigoso e se deve ter o máximo de cuidado na hora de nadar nele e isso vale para todos até mesmo nós que estamos em embarcações”, orientou França. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%