30/07/2018 às 07h44min - Atualizada em 30/07/2018 às 07h44min

Família Silveira conquista pela 3ª vez Festival de Pesca em Nova Xavantina

NX1
Araguaia Notícia
Pela terceira vez, a equipe da família VM Silveira se sagrou campeã do Festival de Pesca da cidade de Nova Xavantina, a 150 km de Barra do Gaçras. A equipe é formada pelo Divino, Domingos, e Reinaldo, filhos do saudoso senhor Venino e da dona Maria.

Na classificação geral, a equipe Mateiro Bruto ficou em quinto lugar; Brutos do Manso em quarto. Em terceiro lugar ficou a equipe Sarpó, atrás do segundo colocado a equipe Minuano.

O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, com a organização do empresário Beto da Garça e Pesca. O festival de Pesca de Nova Xavantina ocorreu dentro da Temporada de Praia/2018, evento incluído no calendário turístico do Estado.

Segundo o prefeito João Batista Vaz – Cebola, o evento superou as expectativas e revelou o potencial turístico do município em âmbito nacional.

“Nova Xavantina vive dias de glorias. Estamos estampados nas capas de grandes jornais, sites, televisão, mostrando que nossa cidade existe; que nossa cidade é bela. Prova maior disso foi a grande procura de hotel. Todos estão lotados. Os turistas estão em nossa cidade. A cidade está aquecida economicamente.”, afirmou.

O prefeito ressaltou a importância da parceria pública e privada na realização do evento.

“Quero agradecer de coração nosso amigo empresário Betão da Garça e Pesca pelo belíssimo evento. Eu já participei de vários festival de pesca, e não menosprezando os outros, este foi espetacular. A parceria do Arinos, com o empresário Betão deu certo e acredito que todos gostaram; pois, pra mim, foi um grande espetáculo oferecido a nossa população e aos nossos turistas.”, comentou.

O empresário Betão da Garça e Pesca disse que mais que uma competição, o festival revelou que Nova Xavantina está cumprindo seus objetivos: integrar os municípios, divulgar potencialidades turísticas e gerar emprego e renda na cadeia produtiva com o consumo de iscas, barcos, motores, combustíveis, materiais de pesca, pilotos, guias, hotéis, entre outros. 

“O objetivo maior é divulgar nossa potencialidade e atrair o turista para nossa cidade. Somos ricos em beleza naturais e estamos no caminho certo. Graças a Deus tudo ocorreu bem. Se erramos, pedimos nossas desculpas. Erramos tentando acertar.”, agradeceu Betão.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%