29/04/2013 às 17h17min - Atualizada em 29/04/2013 às 17h17min

Juiz acha pouco fiança de 1 salário pela soltura de advogado e manda cobrar 15 salários

Olhar Juritico
Reprodução

O juiz de Aragarças-GO, Gabriel Consigliero Lessa, decidiu aumentar de 1 para 15 salários mínimos o valor da fiança pela soltura do advogado Geancarlus de Souza Guterre, 38 anos. Ele já está solto após ficar dois dias preso acusado de interferir numa abordagem policial. Porém, o juiz ao tomar conhecimento do processo, achou o valor da fiança irrisório e mandou cobrar a diferença.

No mandado, o magistrado estipula 15 salários mínimos e deu prazo de 48 horas para efetuar o pagamento sob pena de o advogado voltar a ser preso. A advogada Luceny Rodrigues Severino de Lima saiu em defesa do colega Geancarlus e classificou de exagero o valor cobrado pelo magistrado na ação.

“Isso até me parece uma perseguição aos advogados porque esse juiz chegou há pouco tempo em Aragarças e no início nós cobramos uma presença maior dele na comarca”, explica Luceny. Geancarlus decidiu pedir apoio a OAB de Goiás por intermédio da comissão das prerrogativas do advogado.

O mandado contra Geancarlus prevê prisão domiciliar. Ele nega que interferiu no trabalho da polícia e apresentou um segundo laudo médico onde aparece escoriações no corpo dele. Todavia, no primeiro laudo confeccionado por um médico do Exército não se constatou nada.

Sexo Oral

Sobre o incidente do dia 11 de abril quando foi preso, Geancarlus explica que foi até o local porque recebeu uma ligação de uma cliente desesperada alegando que os policiais queriam levá-la para outro lugar para que ela fizesse sexo oral com eles.

A versão do advogado é totalmente rechaçada pelos policiais que afirmam que Geancarlus interferiu na abordagem policial e ainda se jogou no chão dentro do destacamento para se ferir com um clipe. Sobre o vidro da porta do destacamento, o major Albernaz explicou que parte estava quebrado, porém a outra consta na ocorrência que foi quebrada pelo advogado. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%