29/04/2013 às 16h38min - Atualizada em 29/04/2013 às 16h38min

Faixa Verde deve ser implantada no interior de Mato Grosso

Olhar Direto
Reprodução

A cidade de Barra do Garças, no leste do estado, discute a implantação do estacionamento rotativo para terminar com o problema da falta de vagas para estacionar no centro, principalmente no horário comercial. A dificuldade de estacionar é maior justamente na avenida Ministro João Alberto e nas ruas Goiás, Mato Grosso, Carajás, Xv de Novembro e Bororos onde fica o quadrilátero comercial da cidade.

A implantação do estacionamento rotativo vai terminar com esse problema acredita o vereador Comandante Barbosa. Foi dele a ideia de trazer um representante da empresa, Estaciona Fácil, Álvaro Mendes, para dar uma palestra em Barra do Garças. Essa empresa oferece esse serviço em Cuiabá e Florianópolis. “Eu acredito que o estacionamento rotativo vai resolver o problema de estacionar parte central e a população certamente vai aprovar essa novidade” destacou o vereador.

O prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, recebeu em seu gabinete o empresário da Estaciona Fácil e a comissão formada pelos vereadores Comandante Barbosa, Miguelão Moreira, Odorico Kiko, Geralmino Neto e Reinaldo Chocolate. “Nós queremos que esse projeto seja construído em parceria com o comércio e por isso convidamos a CDL para participar das discussões”, frisou Beto.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), José Alves Piedade, disse que a proposta do Faixa Verde é bem vinda porque hoje o comércio de Barra perde muitas oportunidades de vender mais porque as pessoas tem dificuldade para estacionar no centro. Tem lojista que já perdeu venda porque o morador não consegue estacionar próximo e acaba comprando em outro lugar.

Existe uma estimativa que Barra tenha em torno de mil vagas para carros no centro para uma demanda de quase dois mil carros.

O Faixa Verde vai funcionar com uma taxa de R$ 1,00 por hora de estacionamento. O projete prevê a destinação de 5% das vagas para idosos e 2% para portadores de deficiência física. O rotativo funcionará só no centro e nas demais ruas o estacionamento continua livre. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%