29/04/2013 às 16h30min - Atualizada em 29/04/2013 às 16h30min

Jovem é lançado da moto e morre esmagado por carreta na divisa de Mato Grosso

Olhar Direto
Semana 7

O acúmulo de carretas em Barra do Garças, divisa de Mato Grosso e Goiás, continua fazendo estragos. Um jovem motociclista de 19 anos teve parte do corpo esmagado por uma carreta na avenida Valdon Varjão e será sepultado domingo (28).

Anderson Chagas Alves, de 19 anos, estava descendo avenida quando um veículo Siena tocou na moto dele e praticamente o jogou debaixo da carreta que saia do posto fiscal ao lado da 3ª Ciretran. O veículo pesado atingiu o quadril e a perna direita do motociclista.

O acidente foi por volta das 11h30 de sábado (27). Anderson chegou a ser socorrido e enviado para Goiânia, porém não resistiu e faleceu. O corpo dele retornou para Barra por volta das 19 horas. Ele trabalhava na Central Parafuso e saiu do Exército recentemente.

A cidade de Barra do Garças enfrenta um problema sério do acúmulo de carretas que causa congestionamento na cidade. Diariamente passam em torno de mil caminhões e bitrens pelo município transportando a produção de soja de MT para o porto de Santos-SP. O excesso de caminhões provoca estragos na malha viária e transtorno entre os motoristas.

Há vinte anos, Barra luta para construir um contorno viário e desviar o tráfego pesado do perímetro urbano. E o primeiro passo pode acontecer dia 3 de maio quando está prevista a licitação de 9,9 km de asfalto do desvio da BR 158, porém as pontes ainda não foram licitadas. O contorno viário de Barra custará em torno de R$ 80 milhões. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%