09/07/2018 às 13h22min - Atualizada em 09/07/2018 às 13h22min

Dono de bar onde menores ingeriam bebidas alcoólicas e usavam narguilé é preso pela PM

Agência da Notícia
Uma ação da Polícia Militar do município de Confresa e prendeu o proprietário de um bar que funcionava sem a documentação necessária e exigida por lei. No local os adolescentes ingeriam bebidas alcoólicas e faziam o uso de narguilé. O caso ocorreu em um bar localizado na Avenida Industrial, durante o fim e semana.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, após uma denúncia anônima a guarnição da PM se deslocou para o estabelecimento onde encontrou os adolescentes fazendo o uso de bebidas alcoólicas e narguilé.

O proprietário do bar identificado como M.H.F.P, 24 anos, não apresentou a documentação de funcionamento do estabelecimento. No local os policiais militares encontraram três adolescentes em visível estado de embriagues.

O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso. Os menores foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Confresa e os responsáveis pelos adolescentes também foram comunicados do fato.

M.H foi autuado em flagrante por vender bebida alcoólica a menores de idade. O delegado de plantão arbitrou fiança de R$ 3.000,00 ao suspeito que responderá ao processo em liberdade.

O que é Narguilé?

O narguilé, também é conhecido como cachimbo d' água ou shisha ou Hookah - é um dispositivo para fumar no qual o tabaco é aquecido e a fumaça gerada passa por um filtro de água antes de ser aspirada pelo fumante, por meio de uma mangueira. Por utilizar mecanismos de filtragem, o consumo de narguilé é visto como menos nocivo à saúde. Mas, na verdade, seu uso é mais prejudicial do que o de cigarros. Segundo a Organização Mundial da Saúde (2005), uma sessão de narguilé dura em média de 20 a 80 minutos, o que corresponde à exposição a todos os componentes tóxicos presentes na fumaça de 100 cigarros.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%