26/04/2013 às 18h20min - Atualizada em 26/04/2013 às 18h20min

Sinal de GPS ajuda na prisão de ladrões violentos em MT

Olhar Direto
Olhar Direto

Um dos assaltos mais violentos dos últimos anos em Barra do Garças, no leste de MT, terminou com a prisão dos ladrões graças ao sinal de GPS que estava ligado num aparelho smartphone pertence a uma das vítimas. Os assaltantes Otacílio José e Vitor Hugo, conhecido como Xixi, fizeram um arrastão no Bar Mirantes no bairro Ouro Fino onde pegaram celulares, documentos e dinheiro de dez vítimas que estavam no local, por volta das 18h45 de quarta-feira (24).

A ação dos bandidos foi violenta porque deram coronhadas em quatro das dez vítimas e efetuaram quatro disparos para intimidar. Duas das vítimas foram parar no Pronto Socorro. Após o crime os ladrões fugiram em alta velocidade. Porém, o que os assaltantes não contavam era com o sinal do smartphone que ajudou os policiais a chegaram ao esconderijo deles no bairro Santo Antônio.

Os acusados tentaram negar o crime, mas um bip do aparelho tocou e delatou onde estavam os objetos roubados no assalto. A PM descobriu ainda que na fuga os ladrões bateram num carro próximo a Univar deixaram cair as armas do crime. Eles utilizaram no roubo uma moto biz amarela roubada dois dias atrás.

Otacílio e Xixi estão recolhidos na cela provisória da Derf de Barra do Garças, porém a Polícia Civil tem um problema com relação a interdição da cadeia para novos detentos porque não sabe para onde enviar os assaltantes.

Um dos responsáveis no êxito da operação da PM foi o tenente Elcirley que já atuou na Força Nacional e teve treinamento na SWAT nos Estados Unidos. Ele destacou que a polícia moderna precisa usar a inteligência para combater o crime.

O acusado Otacilinho já esteve preso nove meses e com trinta dias que saiu, foi preso com uma moto twister. E depois de mais trinta dias de reclusão, ele voltou a ser preso em outro delito e há menos de quinze dias ganhou a liberdade e voltou aprontar agora na companhia do Xixi nesse assalto do Ouro Fino. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%