05/07/2018 às 20h31min - Atualizada em 05/07/2018 às 20h31min

Ex-PM volta a atirar contra residência e é preso em Mato Grosso

Homem é apontado como desertor pela PM; ele revelou que possui desavença com vítima

MidiaNews
Araguaia Notícia
O ex-policial militar que atirou na casa de um desafeto por causa de uma cota para bebidas, na noite de segunda-feira (2/7), retornou ao local no dia seguinte e fez novos disparos contra a residência do homem. O caso aconteceu no Bairro Doutor Fábio Leite I, em Cuiabá.
 
O cabo, de 38 anos, disparou três vezes na frente do imóvel, mas ninguém ficou ferido.
 
A Polícia foi acionada e conseguiu prender o ex-soldado. Ele apresentava sinais de embriaguez e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.
 
Já na delegacia, o suspeito informou que tinha uma desavença com o dono da casa. Junto com ele, os policiais encontraram uma pistola calibre 38.
 
Na noite anterior, o ex-militar teria ficado indignado após a vítima pedir cota em dinheiro para comprar mais bebidas durante uma confraternização. O homem então saiu do local nervoso e dizendo: “Você vai se ver comigo”.
 
Pouco depois, o ex-PM retornou na residência e atirou quatro vezes contra o portão.
 
A PM também foi acionada, porém o suspeito não tinha sido localizado. O caso foi registrado como tentativa de homicídio.
 
Desertor
 
O acusado foi considerado desertor e não recebia salário desde 2016, segundo a assessoria da Polícia Militar.
 
Em abril deste ano, o homem passou por uma audiência de custódia e foi reintegrado à Polícia com a condição de que fizesse tratamento psicológico.
 
No entanto, ele desapareceu novamente e não chegou a receber o salário.
 
Ainda na nota da PM, o soldado foi apresentado em audiência de custódia na quarta-feira (4) e a Justiça determinou manter sua prisão.
 
Já o processo por deserção prossegue na Corregedoria.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%