05/07/2018 às 23h36min - Atualizada em 05/07/2018 às 23h36min

Golpe do falso comprador de moto já fez duas vítimas em Barra do Garças

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
Um novo golpe está circulando em Barra do Garças, no leste de Mato Grosso, e já fez duas vítimas. É o golpe em que um estelionatário se apresenta como interessado para comprar motos que estão sendo anunciadas na rede social principalmente em grupos de WhatsApp. 

O criminoso procura a vítima e diz que viu o anuncio e está interessado na moto e pede para dar uma volta e neste momento foge com o veículo. Já foram duas vítimas em Barra do Garças somente neste final de semana. 

O comandante do 2º BPM de Barra do Garças, major Diniz, concedeu entrevista a imprensa na quinta-feira (5/7) para alertar a população sobre este golpe e o site Araguaia Notícia conversou com oficial da PM. “Esse homem estava com celular 64 entrando nos grupos de venda para aplicar os golpes e pode agir novamente”, destacou.

O oficial ressaltou que o mais certo neste momento é a pessoa que estiver vendendo na internet procurar mais informações sobre o comprador e somente deixe levar o veículo após pagamento e regularização da documentação. “Essa história de experimentar é complicado ainda mais uma pessoa estranha”, observou.

A PM não tem características do espertalhão que está agindo em Barra do Garças, pois as vítimas ficaram tão nervosas que não atentaram para os detalhes sobre o falso comprador.

Mais golpes

Na sexta-feira, dia 27/6, quem fez um alerta a comunidade foi a Polícia Civil por intermédio da equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos que detectou a existência de cinco golpes novos em Barra do Garças.

Primeiro golpe – manutenção da máquina de crédito onde os criminosos ligam dizendo que são da empresa de manutenção e pedem para fazer uma nova configuração e conseguem pegar senha e sacam dinheiro da vítima

Segundo golpe – falso empréstimo em que os bandidos ligam dizendo que são de uma empresa de crédito oferecendo dinheiro todavia a vítima tem que depositar uma entrada e aí acontece o golpe. 

Terceiro golpe – cheque furtado em que os elementos tentam comprar no comércio com cheques furtados fato que ocorreu na semana com cinco pessoas (um casal e três mulheres) que foram presos tentando comprar com cheque furtado no Supermercado Mendonça e foram denunciados pelo gente do supermercado.

Quarto golpe – da lista telefônica em que os criminosos ligam dizendo que trabalham para uma empresa que está vendendo propaganda para uma lista telefônica e pedem para as vítimas depositarem dinheiro.

Quinto golpe – bilhete premiado, em que os criminosos procuram vítimas no centro da cidade na porta de bancos e lotéricas dizendo que está com um bilhete premiado e que vai dar uma parte para a vítima, porém exige ficar com a bolsa da vítima.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%