05/07/2018 às 22h29min - Atualizada em 05/07/2018 às 22h29min

Bombeiros de Barra do Garças tentam salvar anta ferida por arma de fogo no Araguaia

Infelizmente o animal não resistiu. perseguir, caçar, matar e apanhar animais silvestres é crime, com pena de seis meses a um ano de detenção, e multa

Assessoria / 1ª Cia CB Barra do Garças
Araguaia Notícia
O Corpo de Bombeiros Militar em Barra do Garças tentou capturar e salvar uma anta ferida por arma de fogo na Fazenda Pouso Alegre, no km 406, a 15 km de Ponte Alta no Estado de Goiás. O animal estava ferido por arma de fogo, com 3 perfurações.

A equipe de bombeiro, composta pelos sargentos Vinicius e Brustolin, decidiu realizar a captura do animal. Após várias tentativas e um percurso percorrido no encalço do animal ferido, a equipe conseguiu laçar a anta. Durante o trajeto, enquanto os militares tracionavam o animal, a anta veio a óbito.

Os bombeiros deixaram o animal aos cuidados da fazenda, para realizar o enterro com o auxílio de maquinário.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso orienta que perseguir, caçar, matar e apanhar animais silvestres é crime, com pena de seis meses a um ano de detenção, e multa. Em caso de animais feridos, acione imediatamente o Corpo de Bombeiros através do 193.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%