03/07/2018 às 21h54min - Atualizada em 03/07/2018 às 21h54min

Prefeitura adquire novos equipamentos para exames cardiovascular e ortopédico no PSM de Barra do Garças

Foram investidos R$ 343 mil em equipamento a serem utilizados no benefício da comunidade

Dhyego Rodrigues / Secom - BG
Araguaia Notícia
Foi adquirido para à prefeitura de Barra do Garças, mais um moderno e eficaz equipamento que trará maior rapidez e bons resultados no diagnóstico e cirurgia voltando para às áreas vascular e ortopédico.

O arco cirúrgico, equipamento de raios-X no qual é possível produzir imagens digital em tempo real, aguarda apenas pelo técnico de montagem para início do uso.

De acordo com Tassiane Horvatich, médica cirurgiã vascular do PSM, o município será referência no atendimento a cirurgia vascular que antes não era realizado por falta de equipamento específico na área. "Barra do Garças possui uma procura muito grande para a área vascular e infelizmente não tinhamos como realizar os procedimentos cirúrgicos sem esse equipamento, tendo que encaminhar o paciente para a capital do estado. Com o arco cirúrgico, vamos poder realizar as operações aqui na cidade sem o desconforto da espera em Cuiabá, tornando nossa cidade referência na área".

Foi investido R$ 343 mil no equipamento adquirido através de emenda do Deputado Valtenir Pereira.

Entenda o que é arco cirúrgico:
 
O arco cirúrgico é um equipamento de raios-X no qual é possível produzir imagens em tempo real com até milhares de tons cinza através de geração de imagens digitais. 

São normalmente utilizados em cirurgias em geral, urologia, ortopedia, vasculares, implantes de marca passos entre outros procedimentos.

Por ser pequenas e ajustáveis, as unidades de arco cirúrgico oferecem maior conforto ao paciente em relação aos modelos tradicionais. Sua capacidade de invasão mínima também permite o diagnóstico e tratamento dos doentes mais precocemente.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%